Autorização do Marido para beber

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

Minha primeira viagem sozinha à um país muçulmano!

Istambul, Turquia

Depois de um dia lindo de passeio pela cidade, decidi me dar de presente um jantar num restaurante bem legal de Istambul.

Quando pedi um vinho pra acompanhar meu jantar, o garçom me perguntou se eu tinha um "Cartão de Autorização"... HÃ? CARTÃO DE QUÊ? 

Aí ele me explicou que funcionava assim: mulher desacompanhada só pode beber bebida alcoólica se tiver um cartão de autorização dado pelo marido!!! 

(Houve um silêncio breve... acho que pra eu me recuperar do susto...)

Então argumentei que eu era turista, que meu marido não era muçulmano, que ele não se importava que eu bebesse longe dele, falei que tinha cartão (de crédito!) pra pagar, falei que eu era de muuuuito longe (ele nem perguntou de onde) ... mas de nada adiantou. Ele não cedeu. Disse que era uma lei deles e que eu não podia dar mau exemplo. 

AAAAHHH Minha Mãe, essas coisas só acontecem comigo!!! Cartão de autorização do marido pra beber? Era só o que faltava. 

Viajar pra esses lugares muçulmanos, ainda mais SOZINHA, é um barato gente. Poder vivenciar culturas diferentes e costumes locais é muito legal. Eu curto isso demais.

Então, pra não causar confusão, resolvi pedir um suco mesmo. 

Perguntei, "Você tem sucos de quê?" e ele respondeu (num inglês bem ruim) "Só temos suco de Granada Senhora." Até então, eu não sabia nem o que era Granada, foi então que aprendi que Granada é Romã.

Agora imagina só a minha situação, eu ali com aquela vista maravilhosa do Estreito de Bósforo, jantando deliciosamente, depois de um dia mágico em Istambul....... tomando suco de GRA-NA-DA!  

    Depois eu até vi o povo tomando suco de granada nas ruas.

 

Bem, eu confesso que meus planos para aquela noite eram outros. Eu pensava em pegar um taxi de volta pro hotel "meio embriagadinha", naquele estado gostoso que a gente fica quando bebe um pouco no fim do dia só pra dormir mais leve. Mas sai do restaurante super sóbria, kkkkkk, e com um puta gosto de Granada na boca!

... Cartão de Autorização! Só me faltava essa! 

Mas eu estava feliz gente, muito felizzz! Por dentro eu estava realizada por estar passando por tudo aquilo.

Dalí, voltei p o hotel caminhando mesmo. Tinha sido um grande dia. Minha cabeça estava cheia de coisas. Eu só enxergava o meu blog piscando, bombando cheio de coisas pra escrever. Eu realmente tinha muita coisa pra contar. 

Cheguei no hotel, telefonei pro Reginaldo e levei a maior gozeira quando falei do tal Cartão de Autorização. Hahahaha a gente riu demais juntos.

Depois tomei um bom banho e ... ... tchan tchan tchan tchan! Bebi a garrafinha de espumante que tinha no frigobar do meu quarto!!! 

A HAAAAÁ!!! Que cartão de autorização que nada meu bem!!! Dormi como uma pedra. Apaguei. Não ouvi nem a cantoria das mesquitas que começam às 5 da manhã!

 

Leia também:

Minha viagem à Istambul

Dica de viagem para países de língua difícil

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.