Costa Amalfitana Itália

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified

 

 

A Estrada

Também chamada de "Divina Costa" por causa da sua beleza, a Costa amalfitana é uma região muito famosa e visitada do sul da Itália. Fica nos arredores de Nápoles, no “peito do pé da bota” do mapa. Ela vai de Sorrento até Salerno e tem um monte de cidadezinhas lindas no meio entre elas, que são chamadas de pérolas amalfitanas. 

A gente pega a estrada e a vista da encosta é um sonho. São inúmeros penhascos, com rochas que brotam do mar, as míticas vilas de casas brancas e os mirantes... Ahhh os mirantes! Deles podemos contemplar o oceano, as montanhas, os vinhedos, as plantações de oliveiras e limões sicilianos, tudo isso em meio à monumentos datados quase sempre de mais de 2.000 anos. 

Costa Amalfitana Sorrento Itália Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Explorar a região de carro é a melhor opção. A estrada Statale 163 (inaugurada em 1860) que margeia a Costa Amalfitana tem pouco mais de 60 quilômetros. É sinuosa e estreita. É um lindo percurso, com a vista dos deuses do imenso azul do mar Mediterrâneo. Ir de Positano à Maiori por exemplo leva apenas uma hora de carro. Mas é lógico que fomos parando no caminho e o passeio durou o dia inteiro.

Fiz um video curtinho só pra mostrar como é a estrada 163 da Costa Amalfitana. Assista abaixo:

 

   Alugamos um carro e foi perfeito! O GPS funciona super bem em toda a região.

 

Ao longo da estrada, vamos passando por cidadezinhas espetaculares, famosas por suas praias fantásticas e bem peculiares. A primeira cidade que passamos foi Sorrento. 

 

Sorrento

Sorrento é uma cidade encantadora. Seu centro histórico, com ruazinhas cheias de pequenas lojas, é um lugar delicioso para passear. Um labirinto de vielas onde é possível descobrir pequenas lojas de artesanato ou quitandas do saboroso licor Limoncello, biscoitos e um monte de coisas com sabor de limão, marca da região. 

Sorrento Costa Amalfitana Itália Blog da Ana Cassiano filha Júlia Cassiano anacassiano.com.br

    Loja de produtos feitos com o Limoncello.

 

Em Sorrento, vi vários pés de laranjeira plantados pela cidade e o aroma dos frutos fica no ar, uma delícia! Eu já tinha visto isso em Roma, ou seja, é coisa de italiano mesmo. 

    Olha as lajanjas no pé!

Sorrento fica no alto de um penhasco e possui uma vista fantástica da Baía de Nápoles, com o vulcão Vesúvio ao longe. 

Sorrento vulcão Vesúvio Costa Amalfitana Itália Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

    Vulcão Vesúvio e Nápoles aos seus pés.

 

Sorrento foi construída sobre uma enorme falésia e para descer até a praia existe um elevador, olha que chique! 

    Elevador que leva à praia.

 

Como são as Praias da Costa Amalfitana

São prais bem diferentes das que os brasileiros estão acostumados. Não são praias de areia, e sim "de pedras". 

Essa região da Itália é vulcânica e por isso possui um litoral bem recortado, com rochas escuras e grandes penhascos. Para acessar a praia é preciso descer pelas escadas ou elevadores. 

São praias pequenas, não tem ondas, e muitas são privativas ou seja, tem que pagar para usar.

                    A gente vê da estrada que vários hotéis "constroem" a própria praia.

 

Tem leis que proibem o uso de roupas de banho pela cidade. Só pode na praia mesmo e as multas são altas para quem desobedecer.

Eu escrevi um post contando com mais detalhes todas as características das Praias da Costa Amalfitana. Para ler clique AQUI

 

O Limoncello

A economia dessa região Amalfitana é voltada para a agricultura, especialmente frutas. O produto mais característico é o famoso limoncello (ou limão siciliano). Logo que a gente sai da cidade, encontra bancas que vendem frutas frescas pela estrada. A gente para e o moço faz na hora um suco de limão siciliano geladinhoooo, ai que delícia!

Banca de Limoncello ao longo da Estrada 163 da Costa Amalfitana Itália Blog da Ana Cassiano

    Olha o tamanho desse limão gente!

 

Positano

E continuando pela estrada, mais paisagens lindas em direção à Positano...

Positano é uma cidade vertical, com centenas de casas dispostas umas sobre as outras que vão subindo o morro. A estrada passa bem no meio da cidade, e possui mirantes maravilhosos.

Positano Costa Amalfitana Estrada 163 Itália Blog da Ana Cassiano filha Júlia Cassiano

 

Transporte Público na Costa Amalfitana

Os turistas que optam por não alugar carro, podem usar o transporte público da região, que são micro-ônibus que circulam ligando as principais cidades. Os hotéis têm na recepção os horários que os ônibus passam. Muitos turistas alugam motos também, as famosas vespas. Essas são mais práticas e fáceis de estacionar. 

A grande maioria dos hotéis não têm estacionamentos! A região não tem onde parar e isso é um problema se vc está de carro alugado e tem que se hospedar na região. Mas como eu estava hospedada em Nápoles, não tive esse problema.

   Quando algum lugar tem estacionamento, é para um carro só e olhe lá! Geralmente são vagas para carros pequenos e provavelmente para o dono do local. 

 

Praiano

Praiano é uma cidade beeemmm pequena, que dá para atravessar à pé! É linda e bem mais calma, se comparar com as outras cidades vizinhas.

   Paróquia de São Genaro.

 

No trecho da estrada entre Praiano e Amalfi, vi muitas parreiras, plantações de oliveiras e principalmente de limões siciliano. Os pés estavam carregados!

    Amalfi já aparece ao longe...

 

Amalfi

Chegando em Amalfi, a gente se depara com o pior trecho de trânsito da estrada. As pessoas que não estão hospedadas em hotéis com praia privativa, podem acessar os decks de bagni de qualquer lugar da estrada. Basta estacionar o carro (na estrada mesmo) e descer as escadarias. Como eu fui no verão na altíssima temporada, o movimento na região estava alto. Peguei muito trânsito nessa época, principalmente por causa desses carros que ficam estacionados na estrada e impedem o fluxo normal. Tem lugares que acaba passando um carro por vez! Mas tem que ser assim, porque não existem estacionamentos.

    Vejam no canto esquerdo da foto, o trânsito para atravessar o túnel. Tem que ter paciência.

 

Amalfi é uma cidadezinha espremida entre rochedos e o mar. É tão pequena que fica difícil de acreditar o quanto é agitada. Suas ruazinhas, de casinhas brancas interligadas no alto, formam, em alguns pontos, verdadeiros túneis; em outros, transformam-se em escadarias e labirintos deliciosos para passear.

Amalfi Costa Amalfitana Estrada 163 Itália Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

       Em Amalfi, não deixe de visitar a Duomo da cidade, a maravilhosa Catedral de Sant'Andrea.

 

Ravello

Ravello fica no alto de uma montanha, de frente para o mar de um lado, e de outro voltada para o belíssimo Vale do Dragão, todo cultivado com vinhas e olivais. 

Conhecida como “a cidade da música”, fica a 350 metros do nível do mar à somente 20 minutos de carro de Amalfi. Ravello é um pequeno vilarejo medieval, cheio de ruazinhas e escadarias, que ficam congestionadas de turistas durante o verão. É um dos lugares mais bonitos da Itália. 

Nos jardins da Villa Rufolo, são apresentados os famosos festivais de música clássica de Ravello (junho, julho e agosto). A vista para o mar já vale a visita. Dá para entender de onde Richard Wagner tirou tanta inspiração para compor suas óperas. 

Já na Villa Cimbrone, os jardins, decorados com estátuas de deuses e outras figuras da Antiguidade clássica, levam a um terraço que se debruça, a centenas de metros de altura, sobre o azul profundo do Mediterrâneo. Sensacional!

 

Minori e Maiori

Cidadezinhas à beira-mar, próximas de Amalfi. Almoçamos em Minori em um restaurante à beira do mar. Foi lá que escolhemos pegar praia. A cor do mar é simplesmente estonteante, mas a areia da praia era escura e de cascalho. 

 

Vietri Sul Mare

A arte em cerâmica é um dos pontos fortes dessa região. Ao longo da estrada, muitas oficinas e lojas expõem em suas paredes externas uma quantidade imensa de pratos, vasos enormes e outras peças pintadas à mão, o que proporciona um charme especial ao lugar. É um artesanato muito bonito (e caro).

    Parede de uma oficina de cerâmica e azulejos em Vietri Sul Mare.

 

Deixando Vietri Sul Mare, pegamos a estrada novamente e já ao longe, nessa curva bonita, começamos a avistar Salerno...

 

Salerno

Salerno possui mais de um milhão de habitantes e é o terceiro maior porto italiano. Foi uma das cidades mais castigadas na Segunda Guerra Mundial, pois foi por seu porto que as forças aliadas penetraram na Itália em 1943. Como é cidade grande, não tem o mesmo charme das outras cidadezinhas da Costa Amalfitana, mas merece ser visitada porque é muito bonita.

  

 

Leia também:

Como são as Praias da Costa Amalfitana

Nápoles

Ilha de Capri

Pompéia

Subir no vulcão Vesúvio

Outras cidades e passeios pela Itália

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.