O dia em que usei um Kimono japonês de verdade!

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

Quem entende o mínimo sobre a arte milenar de se vestir tradicionalmente no Japão, sabe o quanto significa usar um Kimono de verdade! Eu sempre quis usar um, nem que fosse por algumas horas. Existe a Gueixa e a “fantasia de Gueixa”, e eu não queria ficar caricata.

Um legítimo Kimono japonês não se encontra em qualquer esquina. Eles custam caro, e geralmente passam de geração para geração entre as mulheres da família. E eu tive o prazer de usar um autêntico traje como esse, graças à Hiroko Hamada (minha querida amiga de Hirosima) que proporcionou essa experiência inesquecível para mim e para minha filha. Nós vestimos os Kimonos dela!

Tem todo um ritual para vestir um Kimono, são várias peças, e há uma ordem para serem colocadas. São várias etapas. É até difícil se vestir sozinha. 

Um Kimono de verdade, de boa qualidade, JAMAIS é feito de cetim brilhante. JAMAIS! Senão fica parecendo roupão de lingerie. 

A modelagem de um verdadeiro Kimono tem um corte específico. O tecido é grosso, encorpado e pesado. A peça é farta em tecido, tem várias dobras. 

Na cintura, usa-se o Obi, que é uma faixa larga. Ela deve ser de cor diferente do Kimono. 

A amarração do Obi tem que ser SEMPRE atrás. Laços tipo borboleta são usados em situações informais. 

Existem os Kimonos de verão e de inverno. Esses que nós usamos foi o Yukata, kimono de verão.

Quando estivemos no Japão, compramos um Kanzashi, esses "espetos" decorativos para o cabelo, autênticos e caros, pois são considerados jóias. Na tradução literal, Kanzashi significa "flor no cabelo".

 

A cidade das Gueixas no Japão

Na cidade de Kioto no Japão existe um bairro que se chama Gion. Lá é a região onde vivem as Gueixas. É um lugar bastante turístico, lógico! Quem não quer ver uma Gueixa de perto?

Andando pelas ruas de Gion a gente encontra várias Gueixas pelo caminho. 

Em Gion se concentram as "Chayas" (casas de chá) onde as Gueixas trabalham. São lugares caros e sofisticados. A cerimônia de servir chá pelas Gueixas é uma arte milenar. Inclui danças com músicas típicas e apresentações de costumes tradicionais.

Aliás, a gente encontra pelas ruas de Kioto várias japonesas usando Kimono. Elas não são gueixas, mas esse costume pelo que vi lá, é normal. Gente "comum" usando o traje nas ruas.

Para ler tudo sobre Kioto e seus Pontos Turísticos clique AQUI

 

As Gueixas não são Prostitutas

Elas não trabalham com sexo! Temos essa idéia totalmente errada por causa da invasão americana no Japão durante a Segunda Guerra Mundial. 

Os soldados se divertiam com as prostitutas que se passavam por “gueixas”, coisa que na verdade elas não eram. E como os soldados não tiveram contato com as gueixas verdadeiras, infelizmente levaram para o ocidente uma idéia totalmente errada e destorcida que associava as gueixas à vulgaridade. É uma pena, porque na verdade elas não são assim.

Até o século 17, a atividade artística das Gueixas nas Casas de Chás eram confundidas com prostituição porque os proprietários ofereciam suas funcionárias, que de dia eram arrumadeiras e garçonetes, mas à noite eram prostitutas. Isso fazia com que a clientela confundisse as dançarinas com Gueixas, o que causou uma grande confusão.

Mas no século 18, medidas do governo surgiram para oficializar e regulamentar a prostituição, o que foi bom porque acabou distinguindo as prostitutas das Gueixas de verdade.

 

Gueixa = Artista

A palavra Gueixa significa "artista". São mulheres que precisam estudar e se preparar por muitos anos antes de se tornar uma gueixa propriamente dito. 

Elas são muito cultas, informadas e falam vários idiomas. Aprendem regras de etiqueta, falam baixo, são delicadas, finas e elegantes. Elas têm muitas habilidades: cantam, dançam, recitam versos, tocam instrumentos musicais e entretêm os clientes conversando sobre vários assuntos.

Leia tudo sobre As Gueixas clique AQUI

 

Leia também:

Kioto e seus Pontos Turísticos

Tóquio

Minha viagem pelo Japão

Fatos, Curiosidades e Informações sobre o Japão

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.