Londres Parte 2

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

Esse post é uma continuação! Para ler Londres Parte 1 clique AQUI

 

Catedral de St. Paul / Millennium Bridge / Tate Museum

Millennium Bridge é uma passarela feita de aço muito bonita e moderna, que atravessa o rio Tâmisa, ligando o museu Tate Modern até a Catedral de St Paul. Ela foi feita só para pedestres, não pode nem bike. Tem 325 metros de comprimento e 4m de largura.

  Tate Modern Museum

O desenho da ponte foi definido através de um concurso organizado em 1996. Com um design futurista, ela é toda feita de aço e alumínio. Os oito cabos de suspensão são tensionados para puxar com uma força de 2 mil toneladas contra os pilares, sendo suficiente para suportar uma carga de 5 mil pessoas na ponte ao mesmo tempo.

Inaugurada pela Rainha Elizabeth no ano 2000 (por isso o nome), a Millennium Bridge foi a primeira ponte suspensa construída para cruzar o Tâmisa desde a inauguração da Tower Bridge em 1894. Logo ficou famosa como a "ponte trêmula", um problema rapidamente resolvido pelos engenheiros na época da inauguração. 

Estando sobre a Millennium Bridge, a gente avista ao longe a London Bridge, a Tower Bridge (lááá no fundo) e o prédio The Shard, esse mais alto à direita da foto.

Em frente ao Tate Museum tem esse calçadão que se chama Bankside. Ele está sempre cheio de gente. É cultural para os ingleses descerem até a margem do rio Tânisa e ficar sentado ali por um tempo curtindo um relax, mesmo no inverno.

A Catedral de St Paul é uma igreja Anglicana. É a sede do Bispo de Londres. Foi a primeira igreja construída na Inglaterra, data do ano 604! Antes no local havia um templo grego.

A catedral, construída originalmente em madeira, foi um dos muitos edifícios afetados pelo grande incêndio de Londres em 1666 e teve que ser reconstruída em diferentes ocasiões até chegar no edifício atual, erigido no século 17 e projetado pelo arquiteto Christopher Wren. 

O funeral do primeiro-ministro Churchill foi na St Paul, e também nela foi o casamento da Princesa Diana com o príncipe Charles. 

A Catedral de St Paul é muito bonita por dentro. Tem nave em forma de cruz e um teto maravilhoso decorado com pinturas. Lembra a Basílica de São Pedro no Vaticano, só que menor.

Sua cúpula, com 110 metros de altura, é a segunda maior do mundo (a maior é a da Basílica de São Pedro no Vaticano). A grande atração é subir até o topo da cúpula, com seus 528 degraus, através da bela escadaria em caracol. 

Para subir tem que pagar (Preço: £18) mas a vista compensa! Site oficial da St Paul Cathedral→https://www.stpauls.co.uk/

  Vista do alto da St Paul, de frente para a Millenniun Bridge e o Tate Museum.

 

A entrada para o museu Tate Modern Museum é GRÁTIS! Você não pode perder a chance de visitar esse prédio incrível. Site oficial →https://www.tate.org.uk/visit/tate-modern

No 6º andar da torre Boiler House do Tote Museum tem um restaurante chamado Kitchen and Bar. Nele há uma parede de vidro enorme que dá pra gente ter uma vista incrível da Ponte do Millennium e da Catedral de St Paul. 

Outra boa dica do museu: Na torre Switch House tem um terraço no 10º andar, ao ar livre, que proporciona uma senhora vista panorâmica de Londres, 360º !!! 

 

CURIOSIDADES:

Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, a Millenium Bridge é destruída pelos Comensais da Morte. 

             Os Comensais da Morte sobre a Catedral de St Paul prestes à atacar.

 

Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, a escadaria da Catedral St Paul foi usada para gravar cenas dos alunos indo para a aula de adivinhação.

 

Camden Town

Outra coisa que não se pode deixar de visitar em Londres é o bairro onde viveu a cantora Amy Winehouse. Camden Town é um bairro muito interessante. Esquisito para alguns, alternativo para outros, cheios de punks pelas ruas, alternativo, diferente de tudo que a gente já viu em relação à comportamento cultural e de moda. Vá de metrô! A estação que a gente desce se chama Camden Town mesmo. 

A estátua de bronze da cantora britânica fica dentro do Camden Town Market. Esculpida por Scott Eaton, foi inaugurada pela amiga de Winehouse, a atriz Barbara Winsor, na presença dos pais de Amy, em 14 de setembro de 2014 (3 anos depois da sua morte), data que comemorariam o aniversário de 31 anos da cantora. Ela morreu em 2011 de overdose aos 28 anos.

Vale a pena entrar no mercado Camden Market!!! Tem muita comida e lojas legais. É um lugar bem agradável.

A rua principal do bairro é a Camden High Street. Caminhe por ela, explore, pechinche, visite as lojas modernetes. 

Camden Town fica realmente no fim do mundo como dizem? rs. Não sei. Mas lá tem um Pub famoso com esse nome, o "The World's End". Ele fica em frente à estação de metrô Camden Town. À noite é bem agitado e tem música ao vivo.

 

London Tower

London Tower é um castelo medieval maravilhoso, que fica em frente à Tower Bridge. Pode ser visitado porque nele ficam guardadas e expostas todas as jóias da coroa Real. Dizem que o valor das jóias supera o PIB de muitos países. Não tenho dúvida disso.

Os reis e rainhas do Reino Unido guardam coroas, cetros, roupas e outros itens de suas coroações na Torre de Londres há mais de 600 anos. Desde o ano de 1600, as vestimentas de coroação conhecidas como "Jóias da Coroa" ficam guardadas e protegidas na Torre de Londres. 

A Coroa Imperial do Estado é geralmente usada pelo monarca atuante, desde a coroação e em todas as cerimônias oficiais. Quando a próxima coroação chegar, os ítens serão levados para a Abadia de Westminster, onde acontecem as cerimônias.

  A Coroa do estado imperial é atualmente usada pela Rainha Elizabeth II.

 

A Torre de Londres é um castelo histórico fundado em 1066. Já foi usado para várias coisas ao longo da história: como arsenal, como câmara do tesouro, prisão na Primeira e Segunda Guerra Mundial, e hoje é a casa das joias da Coroa Britânica e Patrimônio Mundial da Unesco.

Tem muita coisa para visitar lá dentro. (Preço: £ 28,90) Consulte o Site Oficial →https://www.hrp.org.uk/tower-of-london/#gs.56zh1g

Em frente à London Tower tem numa praça super agradável, cheia de bancos. Uma delícia ficar ali sentado descansando e curtindo o movimento.

Nas duas fotos abaixo mostro a Torre Gherkin, edifício comercial em forma de bala, com acabamento de vidro arredondado e escuro (à direita da foto). Na época da sua construção foi tido como um prédio vanguardista por causa da sua arquitetura inovadora.

 

Borough Market

  O Borough Market e a torre The Shard (Foto: AC Manley / Shutterstock.com)

O Borough Market é um mercado de Londres que fica na rua Stoney Street, perto da London Bridge. É um lugar bem procurado, principalmente na hora do almoço, onde as pessoas comem na rua de pé mesmo. Ao redor do Borough Market tem diversos restaurantes, bares e cafés para sentar e ficar apreciando o movimento. É uma região bastante turística de Londres.

Em 2014, o mercado celebrou seus Mil anos de existência. Vende frutas, vegetais, produtos da culinária típica britânica e especiarias. Funciona geralmente de 8 às 17h, mas os restaurantes ao redor ficam abertos até bem mais tarde.

O mercado se acomodou por debaixo das linhas dos trens que passam pela região. O interessante é que quando os trens passam, faz um barulhão e tudo treme ao redor, rs. Dá até medo. E isso se repete várias vezes ao dia.

 

Borough Market no Cinema:

Aqui foi a entrada dos fundos do Caldeirão Furado, onde o Knight Bus estacionou para Harry descer, em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkabam

    Meus filhos, onde a cena foi filmada.

 

Além de Harry Potter, a região do Borough Market também ficou famosa por causa da sequencia de filmes do “Diário de Bridget Jones” (2001). Bridget morava ali. Seu apartamento ficava no andar de cima do pub The Globe, localizado no número 8 da Bedale Street, a rua de trás do mercado.

Assim como Harry Potter tem seu roteiro turístico pelas ruas de Londres, os fãs de O Diário de Bridget Jones também tem traçadas as rotas das cenas gravadas pelo bairro. É uma boa maneira de conhecer mais coisas ao redor. Encontrei tudo explicadinho nesse link aqui, caso vc se interesse →https://www.movie-locations.com/movies/b/Bridget-Jones-Diary.php

 

Convent Garden Market

É um belo prédio do século 19 em estilo neo-clássico com teto de vidro, que abrigou um importante mercado de frutas e vegetais até 1974. Nos anos 80, o mercado mudou-se para outra região. Então essa área foi repaginada e tornou-se um grande centro de lazer e convivência. O prédio hoje é cheio de lojas, cafeterias, restaurantes e apresentações de música clássica ao vivo.

Lá também acontecem feiras de antiguidades, ou mercado de pulgas como chamam, e é cheio de barracas de artesanato.

Esse é um canto de Londres que gostamos bastante. Sempre que vamos à cidade, reservamos algumas horas por lá, para almoçar ou jantar. É um lugar agitado, com uma vibe deliciosa. Não deixe de caminhar pela rua James Street à tardinha. É um ótimo clima de Happy Hour.

O nome “Covent Garden” tem origem no século 13 quando o Convento de Saint Peter decidiu transformar seus jardins num mercado para a comunidade. No século 17, essa região foi vendida, loteada e transformada em área residencial de luxo. O projeto de urbanização foi inspirado em praças italianas, por isso temos a sensação de estármos numa verdadeira "Piazza", cheia de arcadas e colunas "romanas" por todos os lados.

A praça do Convent Garden Market é famosa pelas apresentações de artistas de rua. Na foto abaixo, meus filhos pequenos ainda, curtindo as apresentações de rua no Convent Market.

 

Royal Opera House

O prédio do Royal Opera House fica atrás do Convent Garden Market. É tipo um teatro municipal, onde acontecem apresentações musicais e teatrais. Lá funciona a famosa escola de ballet, o Ballet Royal, de onde saíram famosas bailarinas que brilham no mundo todo. 

Na frente, tem uma estátua de bronze em forma de bailarina. É uma estátua linda e cativante que fica na rua Broad Ct esquina com Bow Street.

Esse lugar é bem importante pra nós. Nos traz boas lembranças. Então voltamos lá para repetir as mesmas fotos antigas, foi uma delícia reviver essa época.

 

Piccadilly Circus / Leicester Square

Essa é uma região bem movimentada de Londres. É a "Brodway londrina". Há muitos teatros, Cassinos e casas de shows. De dia é uma área bastante cheia porque tem grandes praças com cruzamento de linhas importantes de metrô. E à noite, acontecem os espetáculos. 

   Piccadilly Circus Square.

 

Na Piccadilly Circus, foi gravada uma famosa cena ​​de Harry Potter e as Relíquias da Morte I, quando Harry, Hermione e Ron fogem e quase são atropelados por um ônibus. Imagine a logística da produção para fazer essas filmagens numa praça tão movimentada! 

Sempre que a gente passa pela região, está acontecendo algum lançamento de filme ou musical. Em uma oportunidade que tivemos, meus filhos assistiram ao musical "O Fantasma da Ópera" no Her Majesty's Theatre.

E já vimos também, em frente ao Teatro Odeon Luxe, o pré lançamento do filme "Once Upon a Time in Hollywood" com a presença de Tarantino, Brad Pitt e Leonardo DiCaprio, em carne e osso! 

  Nós na praça Leicester Square em 2005.

 

Swiss Center era uma atração turística popular na praça Leicester Square. Era um prédio de 14 andares construído nos anos 60 para servir de vitrine Suíça em Londres. Nele funcionava um centro comercial com um banco suíço, escritórios de turismo, loja de chocolates, relógios, cafés e restaurantes temáticos suíços. Na frente do prédio ficava uma coluna de totem exibindo brasões suíços. E na fachada do prédio, tinha um belo relógio feito de carrilhão de sinos que tocavam 4 vezes ao dia, como mostrava a placa com os horários. Era uma atração turística porque o relógio tocava música.

Ao longo dos anos, o prédio foi perdendo sua conexão com a Suíça, porque foi sendo ocupado por barracas que vendiam souvenirs da Inglaterra para turistas. O edifício não se adequava mais ao seu objetivo, e em 2008 foi demolido. A coluna de totem exibindo os cantões suíços foi preservada e está no local até hoje.

E o grande relógio (chamado de Swiss Glocken Spiel) composto por 23 sinos que tocam música, foi redesenhado e restaurado em 2011, três anos após a demolição do edifício. Essa região da praça antes chamada de Swiss Center, foi renomeada para Swiss Court, a fim de manter a herança suíça. Desde 2011, o lugar do antigo prédio suíço hoje é ocupado por uma loja da M&M’s World.

O relógio suíço de carrilhão de sinos toca até hoje e ainda é uma atração turística. Para vê-lo tocando, clique AQUI → https://www.youtube.com/watch?v=x0denYIr-QU

 

Abaixo, nosso video atual na Leicester Square:

 

King's Cross Station / St. Pancras Station

Passamos 15 dias na Escócia e de lá, pegamos um trem de Edimburgo para Londres. O trajeto é longo (5 horas e meia) porém, a viagem é bastante agradável e a paisagem pela janela é maravilhosa.

Esse foi nosso "Hogwarts Express"... rs porque o trem chegou em Londres na Estação King's Cross, aquela da famosa Plataforma 9 3/4 de Harry Potter. Foi bem legal passar por essa experiência.

A King’s Cross Station é uma bela estação de trens de Londres que funciona desde 1852. Na época, era a maior estação ferroviária da Grã-Bretanha. A estação presenciou uma grande mudança ao longo do século 20 para atender a demanda de passageiros e cargas, transformando a King's Cross em um importante centro de transportes. 

A área conhecida como King's Cross recebeu o nome de uma estátua do rei George IV erguida no local. O monumento em si ficou lá por pouco tempo, mas a área manteve o nome. 

A estação passou por uma bela reforma em 2012. A estrutura de aço do teto, projetada pela empresa Arup, foi inspirada em uma "cascata de cabeça pra baixo".

King's Cross Station Londres Harry Potter Hogwarts Express Tour anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens

Exatamente na frente da King’s Cross Station, fica a estação de St. Pancras, com sua fachada neogótica de tijolos vermelhos. É um prédio maravilhoso que une sua fachada com a de um hotel.

Foi daqui que o carro azul Ford Anglia de Roy Weasley decolou, em Harry Potter e a Câmara Secreta. Quase tudo em Londres aparece nos filmes de Harry Potter!

A estação St Pancras é muito grande e bem bonita também. Nela tem duas estátuas que ficam no saguão que chamam bastante atenção:

O ponto de encontro da estação (Meeting Point) é marcado por essa bela estátua de 9 metros de altura feita de bronze, que se chama "O Beijo", do escultor Paul Day, que pode significar tanto a alegria de uma chegada quando a tristeza de uma partida.

Abaixo, a estátua de John Betjeman Arms, poeta que salvou a estação de ser demolida.

Para ler tudo sobre Harry Potter em Londres clique AQUI

 

Museu de Cera de Madame Tussaud

Esse é um famoso museu de cera que reproduz com muita perfeição a figura de celebridades. Apesar de existir filiais do museu espalhadas pelo mundo, esse aqui de Londres foi o primeiro de todos, fundado pela própria Marie Tussaud. No post que escrevi sobre o museu, mostro como foi nossa visita por lá e conto também a história da vida da artista Marie Tussaud.

Para ler meu post sobre o Museu de Cera de Madame Tussaud Londres clique AQUI

 

Sherlock Holmes Museum

Endereço: 221b Baker Str (Preço£15) Site oficial →www.sherlock-holmes.co.uk

Sherlock Holmes ganhou as páginas dos livros, do cinema e da TV, tornando-se o detetive mais famoso do mundo. No museu de Sherlock Holmes em Londres, o público tem a chance de mergulhar de vez na história escrita por Arthur Conan Doyle. Segundo a ficção, é na 221b Baker Street que ele viveu, entre 1881–1904, juntamente com seu amigo leal, Dr. Watson. 

A casa vitoriana de três andares abriu as portas como espaço cultural em 1990, seguindo as descrições que aparecem nos livros do novelista para montar os cômodos. Tem os quartos de Holmes, Watson e da Sra. Hudson, sala de estudos, banheiro e outros ambientes, repletos de detalhes da história. Os objetos centenários chamam a atenção, como a máquina de escrever do final do século 19, cachimbos, lupas e outras antiguidades. Para completar o clima, o passeio é guiado por um mordomo!

 

The Shard 

Fica em frente à ponte London Bridge. (Preço: £27) Site oficial →www.the-shard.com

Por todo canto de Londres que a gente ande, a gente avista o Shard na paisagem.

Shard em inglês significa "fragmento". Inaugurado em 2013, o The Shard é uma torre de vidro e aço de 306 metros de altura. É o prédio mais alto do Reino Unido. O Shard foi concebido para ser um edifício com múltiplos usos: uma cidade vertical onde as pessoas poderiam viver, trabalhar e relaxar. É composto por escritórios, restaurantes, residências exclusivas e o Shangri-La Hotel de 5 estrelas. É a maior plataforma de observação do Reino Unido, oferecendo uma vista de 360 ​​graus. A plataforma fica nos andares 68 à 72 e possui 244 metros de altura.

Curiosidades: O Shard tem 309,6 metros, ou seja, é o edifício mais alto da Europa Ocidental. Passui 95 andares, e o 72º andar é o maior piso habitável. O edifício possui 36 elevadores, alguns são de dois andares, que sobem a uma velocidades de 6 metros por segundo. O prédio é coberto por 11.000 painéis de vidro, equivalente em área a oito campos de futebol. Uma raposa foi encontrada no 72º andar no final da construção. Acredita-se que a raposa, apelidada de Romeo pela equipe, tenha sobrevivido com alimentos deixados pelos trabalhadores na obra.

 

Studios Warner Bros Harry Potter Londres

Quem é fã de Harry Potter não pode deixar de conhecer os Studios Warner Harry Potter Londres. Ele fica na cidade de Leavesden, à 1 hora e meia ao norte de Londres. Essa é a casa da série de filmes Harry Potter por mais de dez anos. 

Studios Warner Bros Harry Potter Londres Leavesden Hogwarts Tour Making Of anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens

Enquanto os livros ainda estavam sendo lançados, e os filmes ainda sendo gravados, a produção ia guardando aqui em um galpão todos os cenários, figurinos, adereços, objetos, enfim tudo o que estava sendo criado especialmente para a série Harry Potter. Com isso, foi-se formando um acervo incrível, praticamente um tesouro com milhares de artefatos originais. 

Studios Warne Bros Harry Potter Londres Salão Comunal Hogwarts Making Of Tour anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens

Quando foi filmado o último episódio da série em 2010, a produção decidiu oferecer aos fãs uma oportunidade única de explorar todo esse acervo, e transformou os Studios Warner de Leavesden em um ambiente repleto de cenários originais, criaturas, sons, e efeitos especiais de tirar o fôlego. 

Hogwarts Express Studios Warner Bros Harry Potter Londres Making Of Tour anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens

Beco Diagonal Hogwarts Studios Warner Bros Harry Potter Londres Making Of Tour Roteiro turístico anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens    Beco Diagonal

 

Castelo Hogwarts Studios Warner Bros Harry Potter Londres Making Of Tour Leavesden anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens    Hogwarts

 

Para ler tudo sobre a visita completa nos Studios Warner Bros Harry Potter Londres clique AQUI

 

Meridiano de Greenwich

Estando em Londres, vale à pena ir à Greenwich para conhecer o Observatório. É pertinho, um ótimo passeio bate-volta pra se fazer em 1 dia. É só pegar um trem. Nas estações do metrô eles dão todas as informações de como chegar lá. 

Visitar o Meridiano de Greenwich é um passeio imperdível. Lá passa a linha que divide a Terra em dois hemisférios, Oriente e Ocidente, ou seja, longitude zero! Lá tem um observatório que fica em cima de uma colina, e há várias outras coisas para fazer. 

A rua principal de Greenwich é cheia de bons restaurantes. Programe-se para almoçar por lá. A cidade é bem pequenininha e bastante simpática.

Para ler sobre o passeio até o Meridiano de Greenwich clique AQUI

 

Leia também:

Londres Parte 1 

Harry Potter na Inglaterra

Dirigindo na Mão Inglesa (volante no lado direito dos carros)

Qual a Diferença entre Inglaterra, Grã-Betanha e Reino Unido?

Outras cidades e passeios pela Inglaterra

A Realeza Britânica gosta de Bolo Alemão

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.