PARIS

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 
 

Você sabe a origem do nome “Paris”? 

Os primeiros registros de povoamento na região datam de 6.000 anos atrás! Mas pouco se sabe desses tempos mais antigos. Porém, com a chegada das tropas de César em 52 a.C., um povo celta chamado parísios dominava o local. Daí veio o nome PARIS. E no local onde fica a Catedral de Notre-Dame, foi onde a cidade de Paris nasceu.

** Antes de visitar a cidade, sugiro que vc assista ao filme "Meia noite em Paris". Veja o trailler e entenda porque →  www.youtube.com/watch?v=CgMMUoXui9M

 

ROTEIRO

PRIMEIRO DIA 

O primeiro dia tem que ser a Torre Eiffel mesmo, não tem jeito. É por ela que você tem que começar!!!! Sempre tem filas imensas para subir, SEMPRE! Vc pode escolher ficar ali e enfrentar (eu já fiz isso várias vezes), ou agendar pela internet (também já fiz isso), mas tem fila também - a fila das um milhão de pessoas que agendaram pela internet, hahahaha. 

Uma boa sugestão que eu dou é voltar mais tarde, por volta das 16 hrs mais ou menos. Não que as filas vão estar milagrosamente pequenas, mas pode ser que elas estejam menores um pouco. Se vc optar pela última sugestão, de manhã fique ao redor da Torre, admire-a bastante, tire um milhão de fotos e volte mais tarde para subir nela depois e ver o pôr-do-sol lá em cima!

Se sua opção foi essa, de deixar para subir na torre no fim do dia, então ótimo! Vamos começar o dia pelo Trocadéro. É de lá que temos as melhores imagens da torre Eiffel para fotos! A vista é incrível, vale a pena. 

Do Trocadéro, vá para o Arco do Triunfo. Pode subir no alto dele para ver a paisagem lá de cima, que é linda!!! O Arco do Triunfo fica na famosa Praça Charles de Gaulle, que é uma das maiores rotatórias do planeta. São muitas ruas saindo e entrando nela, o trânsito é uma loucura! Para atravessar, não há faixa de pedestres! Para chegar até o Arco do Triunfo, vc tem que ir pela passarela subterrânea, que é longa e linda! Parece os corredores de um um castelo!!! 

Depois desça a Avenida Champs Elysées à pé, com calma, apreciando cada loja! Vá olhando p trás e veja que a vista do Arco do Triunfo vai ficando mais linda à medida que vc se afasta dele! Chegue até a Praça da Concórdia, que é maravilhosa e tem um belo monumento no meio, o Obelisco de Luxor!!! 

Feito de granito rosa, tem 23 metros de altura e o topo dourado. É decorado com centenas de hieróglifos referentes ao Faraó Ramés II. Tem 3.300 anos de existência e marcava a entrada do imponente Templo de Luxor no Egito. Em 1829, Mehmet Ali rei do Egito doou 2 obeliscos à França. Um deles, o então rei Luís Filipe colocou-o no centro da Place de la Concórdia, no local antes ocupado pela guilhotina durante a Revolução Francesa. O outro obelisco foi oficialmente devolvido aos egípcios pelo presidente François Mitterrand em 1990 .... Ahhhh, Paris e suas histórias em cada canto! Amo demais. 

Mas digamos que tudo o que vc viu até agora tenha sido só "um aquecimento"... porque a maior beleza vem agora... que é a margem do Rio Sena!!!! Se prepare, porque vc vai morrer do coração nesse trecho entre a Ponte da Concórdia e a Ponte Alexandre III. As margens do Rio Sena é uma dádiva de Deus. Por todos os lados q se olha a gente vê um monumento mais lindo e grandioso q o outro. Observe tudo! Olhe para todos os lados! Não perca nada!!! 

Atravesse a Ponte Alexandre III quantas vezes quiser!!!! Vá e volte um milhão de vezes, porque é de matar!!!! Numa ponta da ponte vc verá o Palácio de La Decouverte, que é tipo o parlamento francês, e na outra ponta da ponte, vc verá o magnífico Hotel Des Invalides, com sua cúpula dourada de cegar os deuses de tão linda!!!! Nele (que também funciona como museu) está enterrado o corpo de Napoleão Bonaparte. 

Indo em direção à torre Eiffel, tem a Ponte das Almas, cujo túnel foi onde morreu a Princesa Diana naquele trágico acidente de carro em 1997. Tem um monumento lindo em cima do túnel, uma tocha dourada, em homenagem à princesa, onde as pessoas deixam flores. 

Curiosidade: O Zuavo é a estátua de um soldado argelino que lutou à serviço da França na Batalha da Alma em 1854. A estátua fica dentro do Rio Sena e serve para medir o nível da água e de enchentes. A navegação entra em alerta quando o nível do Sena chega aos pés do Zuavo. Quando a água atinge as coxas, o rio não é mais navegável. Para se ter uma noção, durante a grande enchente que alarmou Paris em 1910, o nível alcançou os ombros! A estátua fica na Ponte de L’Alma. 

Caminhe então até a torre Eiffel e então enfrente a fila para subir nela!

** Leia curiosidades sobre a Torre Eiffel  →  blog-da-ana34.webnode.com/torre-eiffel/

 

SEGUNDO DIA

Comece pela Basílica de Sacré Coeur. Fica no Mont Martre. Desça na estação de metrô Anvers, suba pela rua Steinkerque que é linda e cheia de lojinhas para turistas. Entäo vc chegará numa praça linda onde terá a primeira vista (maravilhosa) da Basílica. 

Suba a escadaria para chegar na Basílica. São muitos degraus, mas é lindo!!!! Tem umas pracinhas com jardins e bancos pra sentar, tudo bonitinho. Vc vai se sentir no filme "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain"... Aliás esse filme eu também recomendo que vc assista, porque mostra lindas paisagens de Paris! Assista ao trailler www.youtube.com/watch?v=B-uxeZaM-VM

Se não aguentar subir os degraus, tem um funicular muito charmoso (tipo um bondinho elétrico), baratinho, q te leva lá pra cima. Mas acho que subir pela escadaria é melhor e mais bonito! 

A vista de Paris lá de cima é linda. A Basílica por dentro também. Vc deve entrar e ficar lá um pouco. Vale super a pena!!! 

Depois que visitar a igreja, dê uma volta pelas ruas que ficam ali ao redor. Tem muitos restaurantes, artistas de rua, lojinhas.... é tudo lindo! 

Perto daqui, na estação Abbesses do metrô, tem um pequeno parque (pequeno mesmo! minúsculo!), mas é um parque bem especial. Nele fica o famoso muro dos "Eu te amos"

Le mur des “Je t’aime” é uma parede onde está escrito diversos jeitos de se falar eu te amo ao redor do mundo. Ao contrário dos outros muros que separam pessoas, cidades e limitam fronteiras, esse muro é um lugar de união, que procura mostrar o amor e a paz para quem vai lá. A idéia foi de Frédéric Baron, que começou pedindo para amigos e vizinhos escreverem “Eu te amo” no seu idioma materno. Conseguiu juntar 3 grandes pastas com “Eu te amo” escrito mais de 1000 vezes em 300 línguas diferentes. Com a ajuda de Claire Kito, artista que fez a caligrafia dos escritos imitando as originais, e de Daniel Boulogne, especialista em muros pintados, surgiu o “mur des je t’aimes”, feito em azulejos azuis e com 40m². 

Desça até a Boulevard de Rochechouart. É uma avenida grande que muda de nome e passa a se chamar Boulevard de Clichy. É o endereço do famoso teatro Moulin Rouge (fica no número 82). Passe na frente só pra ver. É fácil de achar porque tem um moinho enorme na frente. Provavelmente o ônibus do citytour do primeiro dia vai passar na frente. Então vc vai reconhecer. Se quiser, compre um ticket para ver um espetáculo à noite. As mulheres dançam de topless, só tem mulher bonita e o show é incrível! Eu já fui e recomendo. Tem um belo jantar que acompanha. Foi uma noite muito especial pra mim! 

Depois desça até a Galeria Lafayette. Eu costumo pegar metrô nesse percurso, porque é uma boa caminhada. Mas depende de cada um. Se for de metrô, desça na estação Chausée d' Antin - La Fayette

A Galeria Lafayette é a loja de departamentos mais famosa do mundo. Já foi referência de moda durante muitas décadas. O prédio por si só já é uma obra de arte por fora e principalmente por dentro, com uma cúpula central de tirar o fôlego. O terraço da Galerie Lafayette tem um restaurante ótimo. É como se fosse uma praça de alimentação, com vários tipos de comidas diferentes. É muito turistäo, mas se vc estiver ali por perto e quiser dar uma paradinha pra comer algo, é um bom lugar, principalmente pela vista da torre Eiffel que temos lá de cima! Suba um piso acima do restaurante e verás!!!! 

Aliás, essa região perto da Lafayette tem muita coisa linda! Temos aqui a Place de L'Opera (maravilhosa!), tem a Place Vendome e a Madeleine (q é tipo um templo romano, maravilhoso). Esse quarteirão vai tirar seu fôlego de tanta beleza. 

Da Madeleine, desça pela rua Royale até a Praça da Concórdia

Aqui perto tem o Museu D'Orsay (do outro lado do rio) e na sua esquerda vai estar o Jardim das Tuileries e o Museu do Louvre (vou falar do Louve em especial mais na frente). 

Continuando pela margem do Sena, logo que terminar o Louvre, vc vai chegar na Ilê de la Citê, e se vc não morreu de emoção até agora, garanto q daqui vc não passa! Na minha opinião é um dos lugares mais lindos do mundo! Aqui vc vai ver o prédio do Conciergerie, a Saint Chapelle, o Hotel De Ville e a Catedral de Notre Dame! Tá bom pra você ou quer mais????? 

Na Notre Dame vale à pena entrar, lógico. Na frente dela, fica o marco zero da cidade. Dentro da Catedral é lindo e traz uma grande paz de espírito. Curta bastante esse momento. Nessa altura do dia, vc vai estar muito cansada e sentar-se dentro da Notre Dame pra descansar será incrível, vc vai ver. 

** Leia aqui curiosidades sobre a Catedral de Notre-Dame  →  blog-da-ana34.webnode.com/catedral-de-notre-dame-de-paris-curiosidades/

Essa caminhada neste trecho do Rio Sena pagará a viagem inteira!!!!! Daqui pra frente, vai depender da sua disposição. Vc pode fraquejar e voltar para o hotel ou... Que tal escolher um belo restaurante para terminar o dia????

 

TERCEIRO DIA

Ficou faltando uma área legal de Paris pra conhecer, q se der tempo vc poderia ir até lá. É o prédio da La Defense. De lá tem uma vista linda do Arco do Triunfo. São dois prédios modernões ligados entre eles por uma passarela lá no alto, no último andar. É tipo um centro empresarial. Nos pés dos prédios, tem uma escadaria enorme e uma arena, onde ficam várias pessoas observando o movimento e assistindo shows e apreciando a bela vista do Arco do Triunfo ao longe.

Outro lugar legal é o Centro Pompidou. É tipo um museu, mas muita coisa acontece ao redor dele, do lado de fora. Apresentações artísticas de graça e tem muitos barzinhos e cafés legais nas ruas perto dele, onde as mesinhas ficam do lado de fora, nas calçadas. Isso dá um clima muito legal! Lá do alto do Centro Pompidou tem um terraço q dá uma vista linda da Torre Eiffel. É de graça pra subir e vale muito a pena também!

Tem também o Castelo de Versailles, que fica fora de Paris e gasta uma boa parte do dia pra chegar até ele e visitá-lo. Vc tem q analisar o tempo disponível e decidir o q fazer.

Muitas pessoas que vão à Paris visitam também a Disney Paris e o Parque do Asterix. Tem que analisar suas prioridades e ver o que mais te interessa. Mas percebeu que em Paris tem que voltar outras vezes??? E fazer tudo de novo com mais calma.

 

O Museu do Louvre

Mesmo que vc não seja fissurado em arte, uma visita ao Louvre é indispensável pra quem vai à Paris pela primeira vez. É um passeio realmente interessante e imperdível! Chegue cedo. Vc vai gastar praticamente o dia todo, e à tarde vai estar cansadíssimo de tanto andar lá dentro porque ele é enorme. 

O Museu do Louvre fecha toda terça feira!!! Então se programe para não dar com as caras na porta! E todo primeiro domingo do mês a entrada no Louvre é de graça!!!! Se vc estiver em Paris nessa ocasião, aproveite! 

O Museu tem várias entradas, mas entre pela pirâmide, q fica no pátio principal! É sensacional!!!!  Esse pátio principal também é lindo e grandioso. Tem umas fontes de água muito agradáveis. Antes de entrar no museu, tire fotos nesse lugar. É lindo. Antes de descer as escadarias da pirâmide, vc vai passar pelo raio X e tudo, chique, né? O esquema de segurança lá dentro é muito forte. 

** Leia curiosidades sobre a Pirâmide do Louvre  blog-da-ana34.webnode.com/a-piramide-do-louvre/

À partir daqui, se vc leu o livro "O Código da Vinci" vc vai lembrar de tudo... A escadaria de mármore em espiral, o imenso hall de entrada.... etc.... É lindo lá dentro. Vc só vai comprar ingresso aqui nesse hall, aí sim, entrará nas salas propriamente dito. 

Antes da visita saiba q o Louvre é completíssimo por dentro. Tem lojas, cafeterias, lanchonetes, restaurantes, mil e um banheiros.... Aliás, a praça de alimentação do Louvre é grande e muito boa. (pra chegar nela, tem q subir as escadas rolantes) Mesmo quando eu não visitava o museu, eu ia lá só pra comer! Tem uma grande variedade de comida e os preços são muito bons. Vale à pena conhecer. 

Quando se chega ao museu logo na entrada é fornecido um mapa (existe em várias línguas). São 3 direções (Sully, Richelieu e Denon) e 4 níveis (subterrâneo e do primeiro ao terceiro andar). As sessões dentro do museu divididas em Antiguidades Orientais, Egípcias , Gregas, Romanas, esculturas e Louvre medieval. Comece pela sala DENON, é onde estão as obras dos principais pintores, inclusive a Monalisa. Vc vai babar com o imenso corredor (sem fim) de pinturas!!!! Lembra do livro do Dan Brown? A beleza desse corredor já começa no piso de madeira, não deixe de observar. Depois dessa visita no Louvre, vc vai querer assistir o filme "O Código da Vinci" de novo, tenho certeza!!!! 

É lógico q na frente da Monalisa vc vai ter q parar e ficar ali um tempão admirando. Não se decepcione, pois o quadro é relativamente pequeno e fica numa sala bem grande, grande mesmo, bem desproporcional em relação ao tamanho do quadro, o que o dá a sensação de ele é menor ainda. Mas o quadro é perfeito e enigmático. A mulher pintada possui em seus lábios aquele sorrisinho famoso e irônico que até hoje não se descobriu o q Leonardo da Vinci queria insinuar. Tem-se a impressão que sua expressão muda conforme a gente caminha ao redor dela. Até hoje não se sabe se é um auto retrato do próprio Leonardo da Vinci ou se trata de Lisa Gherardini, esposa de um mercador rico da época. 

 

Dicas para admirar o quadro da MONALISA 

Tem q admirar o quadro mesmo, porque ele guarda um monte de mistérios: 

Quando eu fiz faculdade de Moda, minha professora de Arte deu umas dicas pra observar o quadro. Uma característica interessante da paisagem é a sua desigualdade. À esquerda da figura, a paisagem é visivelmente mais baixa do que à direita. Isto levou alguns críticos a sugerir que este elemento foi adicionado mais tarde. Parece q visto do lado esquerdo o quadro é bem diferente do q visto do lado direito. Caminhe então pelas pontas extremas da sala e confira! 

Outro mistério do quadro é o segundo plano. A paisagem é rica e verdejante e de repente, termina em montanhas geladas. Estranho!!!! E também inclui caminhos ondulantes e uma ponte que dão indicação de presença humana. 

Outra dica da minha professora: Faça um canudinho com um pedaço de papel (pode ser o próprio mapa do museu q a gente ganha na entrada) e vá até o fundo da sala para observar a pintura de longe, com um olho só. O canudo serve como luneta (legal, né?) e a gente observa os detalhes do quando muito melhor. 

Vc vai observar pessoas na sala fazendo um milhão desses "truques". Chega a ser até engraçado. Eu até imitei alguns pra ver como fica. Uns funcionam, outros não vi nada demais. Mas tudo faz parte, aliás é a Monalisa, né? 

As alas egípcia e romana do Louvre são maravilhosas. E a arquitetura do museu por dentro e a decoração são um caso à parte. Não sei o q é mais bonito, se são as artes ou o museu propriamente dito. Até o teto do Louvre é maravilhoso, Meu Deus do Céu!!!! Tem um monte de lugar pra sentar pra descansar (pois a maratona cansa mesmo, vc vai ver!). Esses lugares pra descanso são sofás enormes, aconchegantes (e chiquérrimos), e q como se isso já não bastasse, eles ainda são posicionados perto de janelonas gigantes, todas dando vista para o pátio externo do museu, o Jardim das Toulleries, q é de tirar o fôlego de qualquer um. Aliás, quando terminar seu tour por dentro do Louvre, vc ainda tem a parte de fora pra ver. É imperdível! O "Le Carroussel do Louvre" é um portal lindo (um mini Arco do Triunfo) e o Jardim das Toulleries... Nossa, que jardim! 

Outra parte q vc não pode deixar de visitar é o subsolo do museu, onde fica as ruínas originais do castelo q existia ali antes de ser o Louvre hoje. É muito legal! E por fim, lá embaixo de tudo, perto da praça de alimentação e das lojas, está a Pirâmide invertida! A famosa do final do livro, lembra???? Bata muitas fotos, hein? 

Depois disso tudo, vc vai andar lá fora, ao redor do museu que é lindo. Á noite, essas pirâmides do Louvre iluminadas são magníficas. Vc tem q presenciar isso !!!! Lembre-se do tripé!!!! À noite no Louvre, do lado de fora, eles säo meio chatinhos com esse papo de bater fotos das pirâmides com tripé. Eles alegam q as fotos com tripé ficam tão boas q tem pessoas q até vendem!!!! Vira um negócio, então eles meio q dificultam. Mas rapidinho, sendo esperta, dá pra bater várias. É só bater uma e disfarçar... bater outra e disfarçar ... e assim vai! Vale à pena. Todo mundo faz assim, hahahaha aloka.

 

Onde se Hospedar

Rodar por Paris de carro é uma aventura! Dá muito trânsito e é bem confuso para dirigir. Então recomendo ficar hospedado num hotel perto de uma estação de metrô. É tudo de bom!!!

Os hotéis no centro de Paris são mais caros, óbvio. Tem a comodidade de ser no centro, mas volto a dizer, com metrô a gente roda tudo bem facilmente. Näo precisa ficar necessariamente no centro. Basta escolher um hotel perto de uma estação de metrô. Vou dar umas sugestöes de hotéis. Os preços variam muito, tem uns caros e outros mais baratos e simples. Mas a gente só volta p o hotel para dormir! Entäo näo acho necessário pagar hotel caro em Paris. Mas depende do gosto de cada um.

Um hotel no centro bem charmoso é o Amelie www.hotelamelie-paris.com/ O hotel Amelie é simples, charmoso, mas é mais carinho um pouco porque fica perto da torre Eiffel. Já indiquei pra muita gente e o pessoal gostou bastante.

Tem o Ibis Pigalle que também gosto muito www.accorhotels.com/de/hotel-8465-ibis-styles-paris-pigalle-montmartre/index.shtml O hotel Ibis Pigalle fica em frente à estação Pigalle do metrô e perto do Montmartre, onde fica a Sacre Coeur. Ótima localização também!

Barato mesmo, e longe do centro, mas tem estação na porta é o hotel Ibis Eglise de Pantin hotels.findhotel.fr/Hotel/Ibis_Paris_Pantin_Eglise.htm?gclid=Cj0KEQjw6vquBRCow62uo-_J_YYBEiQAMO6HigBIC8eFQCEnNSeXhTCTBouINJt8FctZazZQnl6-AQ8aAurg8P8HAQ Esse hotel Eglise de Pantin é um ibis ótimo! Sempre fico nele! É barato porque é bem afastado do centro. Mas tem metrô e um ótimo café da manhä!!!

Tem muita gente que fica hospedado na região de Marais, ótimo bairro de Paris! Quando fiquei hospedada lá, fiquei na casa de uma amiga e näo em hotel. Mas recomendo o bairro que é muito bom, tem metrô e muitos restaurantes ao redor. Regiäo de ótimos barzinhos e agito à noite!

 

Restaurantes

Quanto a restaurantes, NOSSA!!!!! Paris é a MECA dos restaurantes! Um melhor que o outro. Bom, turistando... a gente anda pelas ruas e depende da hora e do lugar tem sempre um restaurante tentador no caminho. Claro que näo entro em todos que eu gostaria, mas já comi em vários. Entäo tenho algumas sugestões:

No piso recém inaugurado da Torre Eiffel (piso de vidro q dá pra ver o povo lá embaixo! É lindo!!!) Lá tem um Lounge com um ótimo restaurante! Vá p jantar e ver Paris do alto. Faça reserva antes!

Na regiäo da Champs Elysées tem 3 restaurante italianos ótimos:

Piazza Vesúvio - Av. des Champs-Élysées, N°144

Pizza Pino - Av. des Champs-Élysées, N°31

Café di Roma - Av. des Champs-Élysées, N°35

Tem o Flams também, ótimo restaurante para comer Flamkuchen, que é uma especialidade francesa! 

Flam's Colisée - 16 Rue du Colisée, pertinho da Champs Elysées.

Na praça do Trocadéro, tem o restaurante Le Wilson (2, Square du Trocadéro). Esse lugar tem pratos ótimos com preços justos. Mas tome cuidado com os preços das bebidas! Eles literalmente "enfiam a faca"!!!!! Confira o cardápio antes de pedir. Um copo de cerveja custa 10 euros! kkkkkkkkkk Mas a comida é ótima e com preço bom.

Na região de Marais, que é um bairro boêmio de Paris, tem ótimos restaurantes!!!

A praça de alimentação do Museu do Louvre é sensacional!!!!! Recomendo demais! Mas fecha às 19 hrs. Entäo só serve como almoço ou lanches da tarde.

O terraço da Galerie Lafayette tem um restaurante ótimo também. É como se fosse uma praça de alimentação, com vários tipos de comidas diferentes. É muito turistäo, mas se vc estiver ali por perto e quiser dar uma paradinha pra comer algo, é um bom lugar, principalmente pela vista da torre Eiffel que temos lá de cima! Suba um piso acima do restaurante e verás!

 

Leia também:

Outras cidades e passeios pela França

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.