↓ Choose the Language ↓ 

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified

Rota Romântica Alemanha

A Rota Romântica é um roteiro no sul da Alemanha, que começa na cidade de Würzburg e termina em Füssen. É um percurso de 413 km que passa por 29 charmosas cidades. 

Na verdade, a criação da Rota Romântica foi um projeto turístico elaborado pelas agências de viagem alemãs na década de 1950, com a intenção de recuperar o turismo depois da Segunda Guerra Mundial. A imagem da Alemanha no mundo estava bastante abalada por causa do nazismo, e com o fim dele, o país precisava se reerguer, mostrando o seu lado bom turisticamente. 

O projeto deu certo, pois ressaltou as belezas locais, a riqueza histórica, a arte, a gastronomia e a cultura dessa região da Alemanha. 

 

O Nome

Para dar o nome da rota, as agências de turismo se inspiraram nos poetas românticos alemães dos séculos 18 e 19, que viveram ou passaram por essas cidadezinhas ao criarem suas obras. Então o trajeto recebeu o nome de “Rota Romântica”. 

É realmente um roteiro maravilhoso, como se a gente estivesse visitando um livro de histórias. 

Foi o que aconteceu com Walt Disney. Na década de 1950, ele fez a Rota Romântica com sua esposa e passando por Füssen, se inspirou no Castelo Neuschwanstein para criar o Castelo da Cinderela

E não parou por aí. Passando por Rothenburg ob der Tauber, Disney se inspirou na cidade para criar a história do Pinóquio

** Vou falar com mais detalhes sobre essas cidades mais à frente.

 

As Estradas

É importante ressaltar que a Rota Romântica não é uma estrada específica. Ela é a união de vários caminhos, tanto estradinhas pequenas quanto rodovias maiores que ligam essas 29 cidades da Alemanha.

Existem placas marrons ao longo da rota indicando o percurso desde seu início até o fim, independente do sentido que você faça. O ideal é seguir as placas para evitar as rodovias maiores e de alta velocidade. 

Mas às vezes em alguns trechos, será preciso pegar essas autoestradas. Não tem problema, logo depois a gente cai na estradinha pequena de novo. É só programar o GPS para evitar as Autobahns. 

** Use sempre um GPS. Adquira um chip do país para seu cecular, é muito útil.

As placas marrons estão escritas em alemão e (pasmem!) em japonês! Nenhuma frase sequer em inglês! Isso devido ao grande número de visitantes japoneses que vão à Alemanha para fazer essa rota.

O que é a Rota Romântica e porque ela tem esse nome Blog da Ana Cassiano Histórias de Viagens

** Vale lembrar que na Alemanha inteira não há pedágios.

 

Para o Norte ou para o Sul?

A gente pode fazer a rota nos dois sentidos, tanto indo para o sul quanto para o norte, mas eu recomendo do norte para o sul, porque a paisagem vai mudando à medida que a gente se aproxima dos Alpes. O cenário vai ficando cada vez mais maravilhoso e impactante!

 

De Carro ou de Trem? 

Recomendo de carro!!! A gente fica muito mais livre com horários. Pode parar onde e quando quiser. 

É claro que se não houver outro jeito, dá pra fazer de trem também. A malha ferroviária da Alemanha é perfeita. Te leva pra qualquer lugar. 

Mas nas cidades pequenas, o trem é mais lento, porque vai parando em todas as estações e provavelmente será necessário fazer baldeações e combinações com trajetos de ônibus locais. Tem o lance das malas também, que fica mais difícil transportar. É mais complicadinho, mas dá pra fazer de trem sim.

 

Quando ir? 

Dá pra fazer a Rota Romântica em qualquer época do ano. 

No inverno (novembro à fevereiro) tem mais neve na estrada. Tem que ter cuidado redobrado para dirigir. Além do frio, anoitece mais cedo e as atrações das cidades e restaurantes fecham mais cedo também. Porém a paisagem com neve é linda! 

Na primavera e verão (maio à agosto) é bem melhor. Nas cidades tem festas populares animadas com ótima gastronomia e muita cerveja. É uma época deliciosa, tanto de clima quanto do humor das pessoas. 

Já no outono (final de setembro e outubro) a paisagem fica deslumbrante, com as folhas das florestas vermelhas, amarelas e laranja. É a minha época favorita na Europa.

 

Quais cidades conhecer? Onde se hospedar? Quantos dias para fazer a Rota Romântica? 

Claro que você não precisa passar por todaaassss as 29 cidades da rota né! Mas tem 3 lugares que absolutamente não podem ficar de fora, que são: Würzburg, Rothenburg e o Castelo Neuschwanstein. Partindo daí, escolha algumas outras cidades do meio do caminho. Isso já dará uma boa noção do conceito que o roteiro quer passar. 

Para quem tem mais tempo, certamente eu sugiro acrescentar a cidade de Nördlingen nessa lista de imperdíveis.

Então antes de viajar, veja no mapa quais são as cidades que fazem parte da rota. Pesquise um pouco sobre elas e escolha umas 10 cidades mais ou menos. 

Necessariamente esta não é uma rota onde todas as cidades devem ter monumentos esplendorosos. A beleza realmente está em apreciar o belo e o pequeno. É o que faz a diferença. (Eu li isso num blog, e concordo plenamente. Por isso registrei aqui)

Há quem passe 20 dias viajando pela região. Depende de cada um. Mas eu acho que 7 dias já dá para conhecer bastante coisa. 

Em 1 dia dá pra conhecer 2 cidades (uma pequena, só de passagem, e uma maior que tenha mais atrações) Eu fiz assim: me hospedava em uma cidade maior, com mais coisas pra conhecer. Passava o dia visitando a cidade, dormia e no dia seguinte pegava a estrada. Passava por 2 cidades menores, que dava pra conhecer mais rápido e pegava a estrada de novo até a próxima cidade maior onde eu me hospedava para pernoitar. E assim, ao longo dos dias, dá pra conhecer bastante coisa da rota. 

Tem cidades que vale à pena pernoitar por 2 noites. É o caso de Würzburg, Rothemburg e Füssen. E tem cidades que tecnicamente não fazem parte da rota, mas estão do ladinho, e que vale à pena conhecer também, que são Frankfurt, Nuremberg, Ulm e Munique. 

Então, na verdade, o roteiro é você que escolhe! Vai de acordo com o gosto e o tempo de cada um. 

 

Sugestão de Roteiro

Abaixo vou passar o roteiro de 10 cidades que eu fiz na Rota Romântica. Ele pode servir de base para você montar o seu próprio roteiro. 

Observe que no meu mapa, em vermelho são as cidades que oficialmente estão na rota. Em amarelo, são cidades adjacentes à rota, mas que valem muito à pena de serem visitadas também.

 

Frankfurt

Teoricamente, Frankfurt não faz parte da Rota Romântica. Mas os turistas que chegam à Alemanha entram através de um dos 3 aeroportos principais, que são Berlim, Frankfurt e Munique. 

Berlim fica muito ao norte, fora de cogitação pra quem quer fazer a Rota Romântica. Munique fica bem ao sul, e minha sugestão é fazer a rota no sentido norte → sul. Então, o melhor aeroporto para chegar na Alemanha, nessa situação da rota, é Frankfurt.

Frankfurt é uma cidade grande, centro financeiro e empresarial da Alemanha. Não tem a mesma vibe das cidades menores da Rota Romântica, mas é rica em história e tem muita coisa para visitar. 

Aproveite que chegou de viagem cansado, se hospede em Frankfurt por um dia e conheça a cidade. No dia seguinte, alugue um carro e parta para a Rota Romântica propriamente dita.

Para ler tudo sobre Frankfurt clique AQUI

 

Wertheim 

De Frankfurt à Wertheim são 89 Km (cerca de 1 hora de carro). 

 ** Foto de Hertha Götz.

Wertheim é uma cidade medieval, fundada no século 12. Tem um belo Burg (castelo em ruínas) que fica em cima de uma colina com uma vista linda da cidade.

O centrinho da cidade é bem bonitinho. Suas ruas são muito agradáveis para caminhar, não passam carros. Dá pra fazer tudo à pé. As construções originais feitas em madeira enxaimel estão muito bem conservadas. Elas são do século 17. 

Além de ser uma cidade linda, Wertheim é muito visitada por causa do Outlet Wertheim Village, um centro de compras com lojas de descontos, cheio de marcas famosas. Vale à pena visitar porque os preços são realmente bons. O Outlet tem esse nome porque se parece mesmo com uma vila. É um lugar muito agradável.

Para ler tudo sobre Wertheim → Outlet + Castelo clique AQUI

 

Würzburg

De Wertheim até Würzburg são 43 Km (meia hora de carro). Nesse trecho, a gente pega a A3, rodovia de alta velocidade.

É pertinho. Vá direto para o hotel, descanse, saia para jantar à noite e durma como um rei! No dia seguinte, conheça essa cidade magnífica que é Würzburg.

Würzburg é a primeira cidade da Rota Romântica. Tem um belo castelo para conhecer, a Fortaleza Marienberg, que fica no alto da colina aos pés dos vinhedos. 

Würzburg se destaca na região por causa dos seu belo vinho branco. A vista do alto da Fortaleza é maravilhosa. 

O centro histórico de Würzburg foi bem destruído durante a Segunda Guerra Mundial, mas a cidade se reergueu e hoje atrái muitos turistas com suas belas igrejas, praças e palácios.

Para ler tudo sobre Würzburg clique AQUI

 

Rothenburg ob der Tauber

De Würzburg à Rothenburg são 65 Km (cerca de 45 minutos de carro). Nessa cidade merece dormir pelo menos duas noites se você estiver fazendo a Rota Romântica.

Rothenburg é uma das cidades mais importantes da Rota Romântica, porque é a cidade medieval mais bem preservada da Alemanha. Recebe muitos turistas por isso. A cidade é linda.

Como é uma cidade medieval, é cercada por uma muralha cheia de torres belíssimas. Nós podemos subir nessas torres e caminhar pela mulhara. É um passeio imperdível e tudo grátis!

Rothenburg inspirou Disney para criar a história de Pinóquio. 

Para ler tudo sobre Rothenburg clique AQUI

 

Nördlingen

De Rothenburg à Nördlingen são 87 Km (cerca de 1 hora de carro).

O que torna Nördlingen especial é que a cidade está localizada no meio de uma cratera gigante que surgiu do impacto de um meteoro que caiu há cerca de 15 milhões de anos atrás. É realmente impressionante e nós podemos ver tudo com nossos próprios olhos do alto da torre da igreja que fica bem no centro de tudo!

Para ler sobre Nördlingen clique AQUI

 

Ulm

Ulm é uma cidade universitária situada às margens do Rio Danúbio. Fica no estado de Baden-Württemberg na divisa com o estado de Bayern. É uma das oito maiores cidades no sul da Alemanha. 

Ulm é a cidade onde Albert Einstein nasceu, e há monumentos em sua homenagem que a gente não pode deixar de conhecer.

A cidade é famosa também por causa da Catedral Gótica de Ulm, considerada a catedral mais alta do mundo.

Você Sabia? A Torre Metzgerturm de Ulm também é inclinada, assim como a Torre de Pisa! O grau de inclinação das duas é quase o mesmo.

Ulm tem uma prefeitura linda, com um relógio astronômico incrível na fachada. O bairro dos pescadores é muito agradável para passar momentos de lazer e nele fica um hotel que está no Guiness Book como sendo o mais torto ainda em funcionamento do mundo. 

Algumas construções em Ulm são inclinadas por causa do solo pantanoso onde foram construídas às margens do Rio Danúbio.

Para ler tudo sobre Ulm clique AQUI

 

Munique

Munique tecnicamente não está na lista das cidades que formam a Rota Romântica. Aliás, eu nem sei por que? A cidade fica exatamente no caminho, tem muita coisa para visitar. É a capital da Bavária e muito importante na região. Então eu acho que você deve incluir Munique no roteiro da Rota Romântica SIM! 

Sugiro que fique hospedado aqui por uns 3 à 4 dias porque tem muita coisa boa pra conhecer ao redor. Muita gente se hospeda em Munique para explorar os arredores. Dou todas essas dicas no Blog.

Para ler tudo sobre Munique clique AQUI

 

Schwangau e Castelo Neuschwanstein

Eu nem sei o que falar de Schwangau e sobre o Castelo Neuschwanstein. Qualquer coisa que eu disser será pouco. Um dos lugares mais bonitos do planeta na minha opinião. Fica aos pés do Lago dos Cisne e dos Alpes, na fronteira entre a Alemanha e a Áustria.

Um lugar mágico, lúdico, de conto de fadas mesmo (é clichê isso, eu sei), mas o castelo também inspirou Disney para criar sua Disneylândia. Então é de contos de fadas mesmo, não tem jeito. Taí o Castelo da Cinderela que não nos deixa mentir!

Eu já tive o prazer de conhecer a região em todas as estações do ano, Um sonho! No Blog dou todas as dicas pra você.

Para ler tudo sobre Schwangau e Castelo Neuschwanstein clique AQUI

 

Füssen

Füssen é a última cidade da Rota Romântica. Serve como base de apoio para quem visita a região buscando fazer a Rota Romântica. É uma cidade bem pequena, mas também tem lá os seus encantos porque fica bem nos pés dos Alpes.

Da estrada de Füssen se tem as melhores vistas do Castelo Neuschwanstein ao longe.

Muita gente se hospeda em Füssen pelo menos uns 3 à 4 dias, porque ao redor tem muitos castelos e a proximidade com a Áustria também facilita muito a fazer passeios nesse país vizinho. A cidade tem um centrinho histórico bem charmoso e uma pequena cachoeira formada pelo Rio Lech.

Para ler sobre Füssen clique AQUI

 

Posts relacionados:

Frankfurt

Wertheim → Outlet + Castelo

Würzburg

Rothenburg ob der Tauber

Nördlingen

Ulm

Munique

Schwangau + Castelo Neuschwanstein

Füssen

Rei Ludwig II e seus castelos Maravilhosos

Outras cidades da Alemanha

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.