Salvador - Bahia - Brasil

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

Salvador me impressionou muito! Achei a cidade bonita, bem cuidada, com avenidas largas e urbanização muito boa. Minhas primeiras impressões foram bem positivas. Segundo os moradores de lá, a situação da cidade melhorou muito com a nova gestão, a de Antônio Carlos Magalhães Neto. 

Logo ao sair do aeroporto, pegamos uma estrada linda em direção à cidade. Logo de cara, a gente atravessa um bosque de bambús, que é um atrativo famoso de Salvador. 

Comecei a conhecer Salvador à partir das prais do norte, depois fui descendo para o centro. Fiquei 1 semana na cidade, então deu para conhecer tudo direitinho. Comecei pela Praia do Forte!

 

Praia do Forte

Partindo de Salvador, a Praia do Forte fica a cerca de 70km ao norte, num município chamado Mata de São João. Estando em Salvador, vale a pena alugar um carro, mas também saem ônibus da rodoviária com destino a Praia do Forte. 

É um passeio maravilhoso de um dia. Você pode fazer um bate/volta, ou se hospedar por lá mesmo. 

A região tem ótimas atrações: Tem uma vila charmosa de pescadores, cheia de lojinhas e restaurantes bacanas; Tem a lindinha Igrejinha de São Francisco de Assis; Tem o Castelo Garcia D’ Ávila e o Projeto Tamar! 

Para ler tudo sobre a Praia do Forte clique AQUI

 

Praia de Itapuã

A Praia do Forte que eu falei acima, fica no norte de Salvador, mas é fora da cidade. Fica em outro município. Agora vou falar das praias de Salvador mesmo, que ficam na cidade. 

No norte de Salvador tem duas praias que na minha opinião são imperdíveis: A Praia de Itapuã e a Praia do Flamengo

Famosa pela música "Tarde em Itapuã" de Vinícius de Morais, essa praia tem mar agitado e muitas pedras, que acabam formando piscinas naturais. A região é linda, com muitos coqueiros.

O que fazer na Praia de Itapuã Salvador Bahia Brasil Pontos Turísticos Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Do "lado de cá" do Farol de Itapuã, a praia tem uma faixa bem larga de areia e um ótimo calçadão.

      Olha o Farol de Itapuã lááá no fundo à direita!

 

O Farol de Itapuã é o ponto turístico mais importante da região. 

Conheça o Farol de Itapuã Bahia Brasil Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

 

Casa de Vinícius de Morais

A música famosa não tem esse nome por acaso. Foi em Itapuã que o poeta Vinícius de Morais morou quando viveu em Salvador. Ele morou na cidade de 1974 à 1980 com sua esposa baiana Gessy Gesse. A casa está bem conservada e possui um belo acervo de móveis e objetos pessoais que pertenceram ao poeta.

Casa de Vinícius de Morais Praia de Itapuã Salvador Bahia Brasil Farol da Barra Restaurante Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

A casa é aberta ao público e é uma delícia de lugar!! Nela funcionam um hotel e um ótimo restaurante que recomendo! Tudo administrado por uma simpática italiana que recebe super bem os turistas.

Na praça que fica em frente à casa, tem uma escultura onde podemos sentar com Vinícius à mesa e admirar o Farol de Itapuã, exatamente como ele gostava de fazer. Estando em Salvador, você não pode perder essa oportunidade!!

Estátua de Vinícius de Morais na praça do Farol de Itapuã Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Vinícius de Morais era chamado de "Vina" pelos amigos, então o restaurante leva carinhosamente esse nome. O preço é justo e o ambiente... nem precisa falar mais né! (Endereço: Hotel e Restaurante "Casa di Vina", Rua Flamengo, 44 - Itapuã Salvador).

Outro restaurante que fui e que não poderia deixar de recomendar aqui, é o Ki Mukeka. Lugar de ótimos peixes e linda vista do farol. (Ki Mukeka Itapuã, Rua do Vento Sul, QD3, lote 5 - Itapuã Salvador).

Tarde em Itapuã (Vinícius de Morais) → Ouça a música clicando AQUI

 

Praia do Flamengo

Ainda no norte de Salvador, essa praia tem ares bem rústicos. É cheia de coqueiros e é point da moçada jovem do surf. Gostei bastante, voltei lá duas vezes!!

Lugar de boa infra estrutura, com estacionamentos e serviço de praia. Paguei R$ 15,00 reais a diária de aluguel por duas cadeiras e uma sombrinha. Os donos das barracas nos atendem super bem, com ótima oferta de comidas e bebidas. Nunca comi tanto acarajé na vida rs!! aloka

É aqui na Praia do Flamengo que fica a famosa Barraca do Lôro. É um lugar cheio de mordomias kkk. É tipo um Lounge Beach Bar pé no chão (ou seja, na areia!) porque fica na beira da praia. Além de mesas com cadeiras, tem sofás e camas com cortinas de seda (chique!) tudo ao som de DJs tocando ao vivo! É um lugar muito bacana. Vale à pena pelo menos passar pra ver.

Barraca do Lôro: R. Des. Manoel de Andrade Teixeira, 266 - Praia do Flamengo, Salvador.

 

Bairro do Rio Vermelho

É o bairro dos bons e modernos hotéis e restaurantes. É a melhor parte da cidade para se hospedar, principalmente por causa da localização.

Mesmo se você não ficar hospedado aqui, vá curtir uma noite no bairro do Rio Vermelho comendo Acarajé na Praça Caramuru! Lá tem barzinhos agradéveis e quiosques que vendem o delicioso prato típico, o Acarajé, feito à base de feijão fradinho, vatapá e camarão seco, e que leva pimenta, caruru e salada também. Êitaaaa!!

 

Dique do Tororó e Arena Fonte Nova

Dique do Tororó Arena Fonte Nova Salvador Bahia Brasil Blog da Ana Cassiano anacassiano

“Fui na fonte do Tororó, Beber água e não achei, Achei a linda morena, Que no Tororó deixei....” 

Com certeza você já ouviu (e cantou) essa música!

O termo "Tororó" vem do antigo Tupi, que significa "jorro de água". Desde a época colonial, a população de Salvador tinha o hábito de se abastecer nas águas desse dique. Daí a origem da famosa cantiga de roda. 

O Dique do Tororó é uma lagoa que fica em frente ao estádio de futebol de Salvador, a Arena Fonte Nova. O que mais chama a atenção são as oito esculturas de Orixás flutuando no espelho d’água. Elas foram instaladas em 1998 e são do artista plástico Tati Moreno. À noite, recebem uma iluminação especial com uma linda fonte de água no meio. 

 

Farol da Barra

O Farol da Barra fica na ponta sul de Salvador. É cenário das grandes comemorações da cidade, como o Reveillon por exemplo. A Praia do Farol da Barra é bastante frequentada. Nela fica o Morro do Cristo, que é tipo um mirante que tem uma estátua do Cristo Redentor.

           Morro do Cristo, na Praia da Barra.

 

A Praia do Farol da Barra tem como destaque o Forte de Santo Antônio, que serviu como defesa do Brasil durante as invasões holandesas no período colonial. Hoje funciona como museu. 

Farol da Barra Salvador Bahia Brasil o que fazer em Salvador Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

As piscinas naturais na maré baixa são perfeitas para banho e o calçadão perfeito para caminhadas. O pôr do sol por ali é bastante concorrido. À noite, o movimento é grande por causa dos bares e restaurantes.

Em frente ao Farol da Barra fica o prédio onde mora Gilberto Gil, cuja varanda do apartamento vira o concorrido Camarote Expresso 2222 na época do carnaval. É desse ponto da Barra que saem os Trios Elétricos que desfilam no circuito Barra-Ondina.

 

A Igreja do Senhor do Bonfim

Quantos degraus você acha que tem a escadaria do Bonfim?? Eu imaginava uns 300 no mínimo, mas na verdade são DEZ!! Hahahaha, Jurooo!!

       Esses são todos os 10 degraus da escadaria do Bonfim!

 

A Igreja do Senhor do Bonfim está longe de ser a mais bonita de Salvador, mas com certeza é a mais famosa, por causa da tradicional “Lavagem da escadaria do Bonfim”, aquela que as baianas jogam água de cheiro nos (DEZ) degraus. 

A origem da fitinha remete a uma tradição de mais de 200 anos. De acordo com a história, um tesoureiro da irmandade do Senhor do Bonfim tinha o hábito de usar uma fita amarrada no punho que, originalmente, tinha a medida do comprimento do braço direito da imagem do Senhor do Bonfim. Daí vieram os três nós e os pedidos... Na grade da igreja o povo amarra uma infinidade de fitinhas coloridas deixando o cenário ainda mais alegre e tipicamente baiano! 

Igreja do Senhor do Bonfim como é por dentro e arredores conheça Blog da Ana Cassiano Salvador Bahia Brasil anacassiano.com.br

A Igreja do Bonfim é de 1772, ano em que chegaram as imagens do Senhor Jesus do Bonfim e de Nossa Senhora da Guia, trazidas de Portugal. A igreja tem fachada em estilo rococó coberta de azulejos portugueses do século 19. A decoração do interior é neoclássica.

A lavagem da igreja teve início em 1773, quando os integrantes da "irmandade dos devotos leigos" obrigaram os escravos a lavarem a igreja como parte dos preparativos para a festa do Senhor do Bonfim, no segundo domingo de janeiro, depois do Dia de Reis. À partir dessa data, todos os anos realiza-se a Lavagem do Bonfim, na escadaria da igreja, onde baianas lavam com água de cheiro e muita festa os seus degraus. Tudo começa com uma procissão desde a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, padroeira da Bahia, até ao Bonfim. Uma grande massa humana acompanha a festa. 

Com o tempo, adeptos do candomblé passaram a identificar o Senhor do Bonfim com Oxalá. (Na Bahia, o Sincretismo é muito forte). A arquidiocese de Salvador então, proibiu a lavagem na parte interna da igreja e transferiu o ritual para as escadarias de fora. Durante a tradicional lavagem as portas da igreja permanecem fechadas. As baianas despejam água de cheiro nos degraus ao som de cantos africanos. 

        Fotos da Internet.

 

E ao redor da Igreja, coisas de Salvador, muitos fios, várias construções juntinhas, casas humildes, ruas estreitas, ladeiras e o mar azul lá no fundo! 

A história da cidade de Salvador é pura História do Brasil, pois Salvador foi a primeira capital do nosso país. Então saber da sua história é enriquecer-se de cultura e conhecimento! Dê uma lida no meu post sobre o PELOURINHO e CENTRO HISTÓRICO de Salvador! Tenho coisas incríveis para te contar de lá. 

 

Leia também:

Centro Histórico de Salvador

Pelourinho

Carnaval em Salvador

Praia do Forte

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.