Berlim Parte 2

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

Esse post é uma continuação... Para ler Berlim Parte 1 clique AQUI

 

Avenida Unter den Linden

A Unter den Linden é uma das avenidas mais bonitas e famosas de Berlim. Está localizada na parte que pertencia a Berlim Oriental. É larga e bem agradável para passear. Nela estão construções belíssimas, prédios históricos, monumentos, restaurantes, cafés e lojas. 

Veja nas fotos abaixo o que vc vai encontrar caminhando pela Unter den Linden:

     Zeughaus

 

         Neue Wache

 

          Universidade Humboldt

      Ópera de Berlim

 

       Bebelplatz e a Catedral St. Hedwig

 

                            Estátua de Friedrich O Grande

 

Gendarmenmarkt é uma praça bem harmoniosa (e simétrica). Fica paralela à avenida Unter den Linden. É composta por três construções: no centro a Casa de Concertos, e as idênticas Catedral Francesa e Catedral Alemã, uma de cada lado. 

Voltando para a Unter den Linden, tem uma pequena ponte, a Liebknecht-Brücke, de onde temos uma vista linda da Catedral de Berlim.

Unter den Linden Catedral de Berlim Ilha dos museus Berlin Blog da Ana Cassiano anacassiano

 

Catedral de Berlim

A Berliner Dom é uma Catedral Protestante Luterana. Foi projetada por Julius Raschdorff em estilo barroco com influência do renascimento italiano e inaugurada em 1905. 

A Catedral foi atingida durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial e sua cúpula permaneceu destruída por muitos anos, pois ficava no lado Oriental de Berlim. 

Depois da Queda do Muro, a Catedral começou a ser reconstruída em 1975 com ajuda financeira da Igreja Protestante da Alemanha Ocidental. 

Na restauração, seu interior sofreu algumas modifições, e as figuras que ilustram as paredes internas passaram a retratar histórias do Novo Testamento e figuras da Reforma Protestante. 

Os trabalhos de restauração terminaram em 1993, e a Catedral foi finalmente reaberta ao público. 

Catedral de Berlin Berliner Dom Berlim Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

A Catedral também abriga a cripta da família Hohenzollern contendo tumbas e sarcófagos, incluindo as do rei Friedrich I e da rainha Sophie Charlotte. 

Pode subir no alto da cúpula da Catedral. São 270 degraus com uma vista linda lá de cima. Custa 7 euros para subir.

 

Altes Museum

Na mesma praça da Catedral de Berlim fica o Altes Museum (Museu Velho). Esse jardim gramado que une os dois monumentos se chama Lustgarten (Jardim dos Prazeres).

O Altes Museum é o maior e mais importante museu do mundo no campo da arte Grega e Roma Antiga. O prédio foi projetado pelo alemão Karl Friedrich Schinkel e inaugurado em 1830, sendo o mais antigo museu público de Berlim. 

A fachada do prédio é formada por belas colunas jônicas, e sobre elas está escrito em dourado e latim: Frederico Guilherme III fundou este museu em 1828 para o estudo de todas as antiguidades e artes liberais. 

Seu interior é muito bonito. Uma abertura no teto permite a entrada da luz natural, e claramente foi inspirado no Panteão de Roma. Há obras Gregas e Romanas por todo lado!

Durante a II Guerra Mundial, assim como ocorreu com os outros museus de Berlim, parte do acervo foi transferido para outros locais. O prédio foi bombardeado e incendiado. Infelizmente, parte do acervo que permaneceu foi perdido ou destruído. 

Para entrar custa 10 euros. Fecha na segunda-feira. Compre o Ticket Pass que dá direito à outros museus também. Se informe na bilheteria.

 

Ilha do Rio Spree, a Ilha dos Museus

Na verdade, a Catedral de Berlim e o Altes Museum ficam numa ilha formada pelo rio Spree. Nessa ilha ficam também outros importantes museus e prédios públicos. 

Além do Altes Museum, outros museus da ilha devem ser visitados, como por exemplo, o famoso Museu Pergamom (um dos mais visitados da Alemanha) que abriga reconstruções idênticas de escavações arqueológicas. É incrível!

Outro museu é o Boden Museum, que abriga uma coleção de esculturas, arte bizantina, moedas e medalhas.

E o Neues Museum, que expõe coleções sobre o Antigo Egito, Pré-História e história recente. O prédio do Neues Museum é maravilhoso e abriga o busto da rainha egípcia Nefertiti.

       Neues Museum.

 

As pontes que atravessam a Ilha dos Museus são lindas e nos proporcionam vistas da cidade mais bonitas ainda. Eu recomendo que você caminhe pelos calçadões que margeiam o Rio Spree ao redor da ilha. Abaixo, mostro alguns lugares que passei nesse entorno. 

       Foto tirada da ponte Rathausbrücke, com vista para a Catedral de Berlim.

 

       Foto tirada da ponte Ebertbrücke, com vista para o Bode-Museum.

 

        Brasão sobre a ponte Weidendammer Brücke, na Friedrichstraße.

 

A Prefeitura Vermelha

A prefeitura de Berlim se chama Rotes Rathaus (Prefeitura Vermelha) por causa da cor dos tijolos. O interessante é que ela se parece demais com a Praça Vermelha lá de Moscou, e acho que não é coincidência não! Essa era a parte da Alemanha Oriental, comandada pela antiga União Soviética.

Em frente ao prédio da prefeitura tem uma fonte linda, a Fonte Netuno. Se de dia ela já é linda, à noite ela fica especialmente maravilhosa, por causa da iluminação que recebe.

 

A praça Alexander Platz

Caminhando pela avenida Unter den Linden até o fim, a gente chega na Alexander Platz. É uma grande praça aberta, com um importante terminal de trens e metrô, bem no coração de Berlim. 

Aqui era o centro de Berlim oriental, comandada antigamente pela  União Soviética. O nome da praça levou o nome do Czar russo da época que veio visitar a cidade. 

Como em outras áreas de Berlim, esse também é um grande centro comercial. Tem muitas lojas e restaurantes ao redor. A praça é agitadíssima! Sempre tem um evento acontecendo, uma festa típica, uma feirinha ou um palco montado. É gente transitando pra todo lado, é um lugar bem movimentado realmente.

Na Alexander Platz fica o Relógio do Mundo, que mostra os nomes de diversas cidades do mundo com as suas respectivas horas. Do Brasil, tem São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

      Achei linda essa tampa de bueiro com os pontos turísticos de Berlim.

 

Fernsehturm, a torre que gira

A Fernsehturm é uma torre de radiodifusão de sinais localizada na Alexanderplatz, essa praça que falei acima. A gente avista a Torre de TV de todos os cantos de Berlim. 

Ela é a torre de tv mais alta da Europa, medindo 368m! (Só pra comparar, a torre Eiffel -que também é uma torre de tv- mede 324m) Consequentemente, a Fernsehturm de Berlim é a construção mais alta de toda a Alemanha.

A construção da torre demorou 4 anos, e ocorreu durante o período em que o Muro de Berlim dividia as duas Alemanhas. Foi inaugurada em 1969, sendo o orgulho do governo comunista, representando um triunfo do socialismo. 

A idéia era que a esfera da torre lembrasse o satélite soviético Sputnik, representando assim a superioridade tecnológica dos países socialistas. 

    Satélite Sputnik.

 

Um fato curioso é que, numa determinada hora do dia, quando o sol bate na esfera da torre, brilha um reflexo com formato de cruz. Esse efeito não estava planejado no projeto, claro, e os berlinenses passaram a chamar a cruz de “A vingança do Papa”, ironizando o governo socialista da antiga Alemanha Oriental, que promovia o ateísmo e reprimia as instituições religiosas no País.

Polêmicas à parte, a verdade é que a esfera é uma estrutura que impressiona, e abriga um restaurante e a plataforma panorâmica que fica a 207 metros de altura do chão. 

E essa é uma grande atração de Berlim porque podemos subir (de elevador) até o topo e apreciar a vista lá de cima. Eu achei caro, mas valeu à pena. Custa 23 euros por pessoa para sentar no restaurante e sentir a torre girar. Tudo que for consumido, tem que ser pago à parte. Se puder comprar os ingressos pela internet é melhor, para evitar filas longas.

       Nós no elevador da torre.

 

E a torre gira! Nós lanchamos enquanto a torre girava lentamente. Dura 45 minutos uma volta completa. Podemos ficar o tempo que quiser, desde que consumindo algo do restaurante. Eu gostei muito e recomendo. As crianças amaram! Muita gente reserva horário para jantar. O restaurante fecha à meia noite.

Antena de TV de Berlim a torre que gira Fernsehturm Berlin coma no restaurante que gira enquanto vc aprecia a vista de Berlim do alto Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Quando a Alemanha sediou a Copa do Mundo de 2006, o jogo de encerramento foi em Berlim. E a esfera da Fernsehturm foi decorada com um filme adesivo rosa, para se parecer com uma bola de futebol da cor do logotipo do patrocinador oficial, a Deutsche Telekom, proprietária da torre.

Assista no video abaixo, como é o restaurante e a torre girando:

 

Potsdamer Platz

Antes de ser o que é hoje, a Potsdamer Platz era um enorme terreno baldio entre Berlim Oriental e Ocidental. De lá pra cá, se transformou num moderníssimo centro financeiro e comercial, com prédios maravilhosos e bem diferentes, projetados por arquitetos famosos. 

Na Potsdamer Platz fica uma importante e enorme estação de metrô. Na calçada, tem um mural que conta toda a história da divisão das duas Alemanhas, usando pedaços autênticos do Muro de Berlim como suporte.

E por aqui passa uma Calçada da Fama também, igual a de Hollywood, com estrelas no chão e tudo! Só que as celebridades daqui são alemãs, lógico.

Potsdamer Platz Berlim Calçada da Fama Berlin Blog da Ana Cassiano anacassiano

A região da Potsdamer Platz é muito agitada. Além de vários escritórios, tem um shopping enorme (o Arkaden), um hotel de luxo e o Sony Center, que é um centro comercial com lojas, cinemas e restaurantes. 

      Prédio da Sony Center.

 

À noite o prédio do Sony fica incrível! O toldo do teto (que mais parece um circo) fica todo iluminado, com luzes indiretas que vão mudando de cor, causando um efeito bem legal. No meio tem um monte de restaurantes e bares, ótimo lugar para comer.

 

A região de Kudamm

Indo para os lados da avenida Kudamm, tem uma outra área de Berlim que eu gosto muito, a Kurfürstendamm. Não deixa de ser um centro comercial também, só que eu acho mais moderno que os outros. Lá encontramos de tudo, desde lojas sofisticadas e caras até as mais populares. Tem pra todos os gostos e bolsos! 

Na última vez que fui, conheci um shopping novo, o BIKINI, que eu achei o máximo! Observe a "igreja quebrada" que fica bem na frente!

 

Gedächtniskirche, a igreja quebrada

No centro da praça fica a Gedächtniskirche. O nome é difícil mas as pessoas a chamam de "igreja quebrada". Na verdade, a tradução correta é "Igreja da Memória"

Gedächtniskirche A igreja quebrada Kudamm Berlim Berlin Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Ela foi bastante danificada na Segunda Guerra. Na verdade, restou muito pouco dela. Até hoje falta um pedaço da torre, mas estas ruínas foram mantidas de propósito, justamente para lembrar os horrores da guerra e a destruição que ela causou. 

Veja como a igreja era antes da guerra!

Dentro funciona um memorial impressionante, com várias fotos mostrando coisas sobre a guerra. É lindo lá dentro! Tem um teto todo de mosáicos, vale a visita. A estátua de Jesus sem o braço direito me impressionou muito. Outro estrago irreparável da guerra...

Ao lado funciona uma capela para oração e refexão. Ela é octagonal, toda feita de quadradinho de vidros azuis. Fica tocando uma música bem suave e baixinha. A intenção do lugar é transmitir paz, e realmente consegue. A entrada é Grátis!

 

Zoológico de Berlim

Bem perto da "igreja quebrada" fica o Zoológico de Berlim. Praticamente um oasis no meio da cidade. Esse é o Zoo mais antigo da Alemanha.

Confesso que não é o meu programa favorito. Mas um dia fui à Berlim com as crianças, e tive que dar o braço à torcer. E eu me surpreendi, porque o Zoo é muuuito legal! Bom demais mesmo! Então agora, eu recomendo, rs. 

Tem muita coisa linda p ver. O que mais me impressionou foi a proximidade que podemos chegar dos animais. Tem muitos tanques com paredes de vidro pra gente ver como é a vida embaixo d'água. A criançada adora né! A parte do Aquarium é maravilhosa!!! Programa para um dia inteiro.

Zoológico de Berlim programa para crianças em Berlin Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Preço: 15 euros por pessoa. (Zoo + Aquário = 21 euros) Criança paga metade.

 

Palácio de Charlottenburg

Não tão longe do Zoo de Berlim, fica o Palácio de Charlottenburg. Vale à pena conhecer. É o palácio real de Berlim. Nele já moraram reis e rainhas ao longo da história. 

Palácio de Charlottenburg Berlim Berlin Palace parques de graça em Berlim Blog da Ana Cassiano anacassiano

Construído no século 17, o palácio foi projetado para ser a casa de verão de Sophie Charlotte, segunda esposa de Friedrich. A visita no interior do palácio existe, apesar dele ter sido bastante destruído na Segunda Guerra. O que deu, foi reconstruído, e o castelo hoje serve mais como lugar para eventos, palestras, casamentos etc. O melhor pra se fazer mesmo, é explorar os seus jardins.

O castelo possui um belo jardim com entrada gratuita. Na verdade é um grande parque que vai até as margens do rio Spree. Tem também um lago e diversos caminhos e trilhas. 

                Às margens do Rio Spree.

 

Eu fui no outono. Estava frio e escuro. Com certeza dá pra aproveitar melhor o castelo na primavera e no verão. É um passeio perfeito para dias de sol.  

                                  Foto da Internet.

 

Minha entrevista com Luciano Huck em Berlim

O Programa Caldeirão do Huck tinha um quadro em que o Luciano viajava para outros países e conversava com os brasileiros que viviam fora. O programa esteve em Berlim em novembro de 2015. 

Eu tive a oportunidade de ser entrevistada por ele. Falamos sobre minha atividade de Guia de Turismo, quando eu guiava brasileiros que visitavam a Alemanha nas férias.

Entrevista com Luciano Huck em Berlim Caldeirão do Huck Berlin Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

Tem um pedacinho da entrevista nesse video abaixo:

 

Também estive com Luciano Huck em New York, no quadro Talk do Huck na Times Square. Mas esse é assunto para outro post! Um dia eu conto.

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.