↓ Choose the Language ↓ 

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Florença, Toscana Itália

Olha essa história...

Nos anos 70, a doutora Magherini, então chefe do departamento de Psiquiatria do hospital Santa Maria Nuova, em Florença, internou vários turistas por conta da chamada SÍNDROME DE STENDHAL. "O grande problema de se visitar Florença é que você pode enlouquecer", dizia ela. 

Os sintomas são tontura, taquicardia e confusäo mental. Tudo causado pelo "excesso de beleza". Stendhal, que deu o nome á síndrome, era um famoso escritor fancês da época que teve um surto ao entrar na Igreja de Santa Croce, em 1817, onde estão os restos de Michelângelo, Maquiavel e Galileu. 

Dizia ele q tudo era tão lindo que, palavras dele mesmo, "estava numa espécie de êxtase. Tudo falava tão vivamente à minha alma. Tive palpitações. Eu caminhava com medo de cair, pois a vida se esvaía de mim"... 

Nossa! Né 

Tá, vc pode estar achando o maior exagero, mas pra quem realmente entende de arte, deve sentir isso mesmo em Florença. 

 

Catedral Santa Maria del Fiore

Uma das coisas mais impressionantes de Florença é a Catedral do século 13, com sua cúpula inconfundível. Uma relíquia da arquitetura neo-gótica.

Catedral Santa Maria del Fiore Florença Firenze Itália Blog da Ana Cassiano

Feita toda de mármore de cores diferentes, ela tem um efeito muito lindo. Parece até que foi toda forrada por um tecido estampado.

A catedral de Florença é a quinta maior da Europa, e pode abrigar até 30.000 pessoas!

Na praça da catedral tinham réplicas de invenções de Leonardo Da Vinci.

 

O teto da cúpula tem afrescos de Giorgio Vasari e Frederico Zuccari representando o Juízo Final.

Subimos os muitos degraus da torre pra ver a cidade lá do alto. 

Alto da torre de Florença Catedral Toscana Itália Blog da Ana Cassiano

A gente subiu até aqui! Olha as pessoas lá.

 

Florença vista do alto, uma típica cidade da toscana.

Berço do Renascimento, no séc 15 Florença era o centro do mundo, cultivando gênios como Leonardo da Vinci, Donatello, Dante, Galileu, Botticelli e Rafael. Quer mais ou já tá bom? 

As obras deles estão lá até hoje, espalhadas pelas ruas da cidade. "Centro perfeito do universo humano". Tudo financiado pelos mecenas, que na época, era a família Médici. 

 

Ponte Vecchio e Rio Arno

O Rio Arno corta a cidade e a ponte Vecchio é a mais interessante de todas. É a mais velha da cidade (por isso o nome) e une a parte mais estreita do Rio Arno.

Ponte Vecchio sobre o Rio Arno Florença Toscana Itália Blog da Ana Cassiano anacassiano

Antes da atual Ponte Vecchio, tantas outras foram construídas e destruídas pelas constantes cheias do Rio Arno. A ponte definitiva foi construída em pedra em 1345.

Foto tirada de cima da ponte.

 

Na Ponte Vecchio fica a estátua de Benvenuto Cellini, um artista-escultor-escritor do século 16, considerado o ourives mais importante de Firenze. A estátua de bronze é obra de Raffaello Romanelli feita em 1901.

 

A Ponte Vecchio nem é tão bonita, mas é bem diferente porque é completamente tomada por joalherias! Mas nem sempre foi assim...

No século 15, foi determinado que os açougueiros de Florença deveriam ocupar a Ponte Vecchio por motivos de higiene pública. Foram construídas desordenadamente pequenas salas que ultrapassavam o limite da ponte e o lado de fora ficava sobre o rio, sustentadas apenas por estacas de madeira. Um século depois, incomodados com o mal cheiro dos açougues, os nobres determinaram que a ponte seria ocupada por lojas de jóias.

Joalherias na Ponte Vecchio.

 

Museu da Accademia

É claro que visitamos o Museu da Academia para contemplar a estátua Davi de Michelângelo. Escreve Accademia com dois "c" mesmo!

Até chegar no Davi, a gente atravessa um corredor longo, magnífico, cheio de esculturas de mármore. Uma beleza de matar qualquer um do coração.

Chegando no Davi, ficamos um tempão olhando cada detalhe e tentando entender como um bloco maciço de mármore pôde se transformar naquela obra tão perfeita, meu Deus do céu! 

Davi é um dos símbolos da renascença encomendada à Michelangelo em 1501. É uma escultura em mármore maciço com mais de 5 metros de altura. A escultura remete à história bíblica de Davi e Golias, mas Michelangelo escolheu esculpir um Davi sem Golias, e acima de tudo ao não representar um Davi vencedor. 

Ele aparece nu carregando apenas no ombro esquerdo a funda com a qual arremessará a pedra que matará Golias. A expressão e anatomia de Davi exprime tensão e apreensão, pois as veias estão dilatadas, a testa franzida e o olhar é de preocupação. Ele está no momento da batalha! 

Michelangelo demorou 2 anos para concluir a escultura.

Eu fiquei impressionada com a perfeição das veias esculpidas no mármore!

 

Eu achei q a estátua fosse do tamanho natural de um homem, mas não, ela é enooorrrrrme! 

Foto da internet, só pra vcs terem uma noção da proporção.

 

Curiosidade: A mão direita da escultura é maior que a esquerda e desproporcional em relação ao resto corpo. Na época bíblica, Davi também era conhecido como o “forte de mão” e provavelmente Michelangelo quis expressar isso.

Sobre o peruzinho pequeno... coitado do Davi gente, Michelângelo talhou demais o mármore naquela região!! Mas tem explicação. Michelangelo dava mais atenção à beleza do Homem do que à sexualidade, e expressava isso claramente em suas obras.

O Museu da Accademia é maravilhoso, tem muita coisa pra ver, principalmente as pinturas renascentistas. Passamos a metade do dia lá. Sai até com tontura e dor de cabeça de tanta informação e coisa linda! Deve ser a Síndrome de Stendhal que me atacou!!!

A entrada do museu nem parece museu né! 

 

Palácio Vecchio 

Na Piazza della Signoria fica o Palácio Vecchio, onde funciona a prefeitura de Florença e um museu. É lindo. Achei bem parecido com o Castelo Sforzesco de Milão. Aliás, é tudo Itália mesmo, e devem ter sido construídos na mesma época. 

O prédio é bem quadrado e no alto, se destaca a bela Torre de Arnolfo. Uma curiosidade é que a torre não é centralizada com a fachada. A torre é do ano de 1310, mede 94 metros, tem 3 sinos no topo, e no seu interior há uma escada em espiral onde as pessoas têm acesso ao mirante.

 

Na frente do palácio, tem uma réplica da estátua de Davi de Michelangelo. Na época da escultura original, o artista imaginou que ela ficaria na fachada da Catedral de Florença, mas acabou sendo colocada na entrada do Palazzo Vecchio olhando na direção de Roma. Deu até briga por causa disso, entre Michelangelo e os outros artistas da época. 

Davi original ficou na frente do Palácio Vecchio de 1504 à 1873.

Depois disso, a escultura original foi substituída por essa réplica que está lá até hoje. E a original foi para o Museu.

Ao lado da réplica de Davi de Michelangelo, em 1910 foi colocada outra belíssima escultura, Hércules e Caco do escultor Baccio Bandinelli. Baccio foi muito criticado pelo seu "atrevimento" em conseguir fazer algo tão lindo quanto à obra prima de Michelangelo.

A escultura Hércules e o Caco.

 

Piazza della Signoria

O Palácio Vecchio fica na Piazza della Signoria

Durante o Império Romano, a praça contava com uma instalação termal. No início da Idade Média, as termas desapareceram e a praça foi tomada por artesãos. A Piazza della Signoria adotou sua forma atual em meados do século 12.

Essa praça realmente me impressionou. Nela tem muitas esculturas famosas iluminadas por um incrível jogo de luzes q projetam as sombras das imagens nas paredes. Achei muito legal. 

Essa parte da praça é chamada de Logia dei Lanzi. É um pequeno museu ao ar livre. Debaixo dos seus arcos há diversas esculturas, como O Rapto das Sabinas e Perseu com a cabeça da Medusa. Sem dúvida, é um dos melhores lugares de Florença para sentar e ficar observando por horas.

Estátua equestre de Cosme I: Obra de Giambologna de 1594.

 

Como era Natal, as ruas ao redor da praça estavam todas enfeitadas com cascatas de luzes. Apesar do frio (puts, vcs não imaginam que frio!) as ruas estavam cheias de gente zanzando de lá prá cá. Ai eu adoro isso, movimento, ruas cheias! Viva a Itália! 

 

Pisa 

Outra cidade linda da Toscana é Pisa. Fica pertinho de Florença, à apenas 40 minutos de trem. 

Saiba como é Pisa, a cidade charmosa, pequena, medieval e com um dos monumentos mais famosos do mundo. Clique AQUI  para ler.

  

Para ler sobre outras cidades da Itália, clique AQUI 

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.