↓ Choose the Language ↓ 

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified

Ulm - Alemanha

Ulm é uma cidade universitária situada às margens do Rio Danúbio (Donau em alemão). Fica no estado de Baden-Württemberg, na divisa com o estado de Bayern. É uma das oito maiores cidades no sul da Alemanha

Dois fatos tornam Ulm uma cidade bastante conhecida: foi onde Albert Einstein nasceu e a Catedral de Ulm é a igreja mais alta do mundo.

 

Albert Einstein

Einstein nasceu em Ulm no ano de 1879. Tem dois monumentos na cidade que homenageiam o cidadão ilustre. 

Fonte de Einstein (Einstein Brunnen) é uma escultura que fica na rua Zeughausgasse nº15. Eu achei um pouco longe do centro, num bairro cheio de ruas sem saída e contra-mão. Mesmo com GPS foi confuso chegar lá, mas cheguei. A escultura fica em frente ao prédio do Amtsgericht Ulm, que é tipo um tribunal de justiça.

A Fonte de Einstein (Einstein Brunnen) é uma escultura que fica na rua Zeughausgasse nº15. Ulm Alemanha Blog da Ana Cassiano Histórias de Viagens

A escultura de bronze fundido, baseada no arsenal histórico, foi feita por Jürgen Goertz de Sinsheim em 1984 e consiste em três elementos: o corpo do foguete representa a tecnologia, conquistando o espaço e a ameaça atômica. Uma concha de caracol grande fica na tribuna, representando natureza, sabedoria e ceticismo em relação ao controle da tecnologia pelo homem. A cabeça de Einstein, com olhos arregalados e a língua pra fora, sai da concha do caracol.

O outro munumento é o Albert Einstein Birthplace Monument (Local de Nascimento), uma obra de Max Bill. É um monumento feito de mármore marrom que fica no canto de uma praça próxima à estação de trem, na rua Bahnhofstrasse nº 20

O monumento fica no local onde era a casa que Einstein nasceu, e que foi destruída durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Honestamente, eu achei o monumento um pouco discreto demais em relação à tudo que Einstein representou na história. 

 

Catedral de Ulm (Ulmer Münster) 

É a maior igreja protestante da Alemanha. Mesmo sendo chamada de Catedral (por causa do seu tamanho) ela nunca foi sede de nenhum bispo. 

Permaneceu incompleta até o século 19. Sua construção, em estilo gótico, iniciada com o lançamento da pedra fundamental em 1377, foi concluída apenas 513 anos depois, com a colocação da torre em 1890. A Catedral de Ulm é o símbolo da cidade. 

Sua torre possui 161,53 metros de altura e 768 degraus. É a igreja mais alta do mundo. Subir a escadaria da torre é uma experiência incrível. 

Felizmente a torre não foi destruída durante a segunda guerra, já que aproximadamente 80% do centro histórico da cidade foi bombardeado em 1944. 

 Praça da catedral.

 

 Fonte Löwenbrunnen.

 

 Maquete da cidade.

 

Stadthaus é o edifício branco que fica ao lado da catedral. Ele causa um certo "ar de mistura" entre o passado e o futuro. No Stadthaus tem cafeteria, restaurante e banheiros. É um lugar de ótima estrutura, onde acontecem vários eventos.

À noite, a catedral fica toda iluminada, linda! A torre pode ser vista de qualquer ponto da cidade.

 Nossa primeira visita à Ulm, em 2004.

 

Prefeitura e o Relógio Astronômico 

Saindo da catedral de Ulm, a gente pega a rua Brautgasse e já cai na bela praça Marktplatz onde fica a prefeitura. 

 Na praça Marktplatz, em frente à prefeitura de Ulm, quando guiei esses simpáticos médicos de Curvelo MG.

 

O prédio da prefeitura é uma construção gótica lindíssima do século 14. O relógio astronômico localizado na fachada do prédio é uma obra-prima da relojoaria medieval, construído em 1581, pelas mãos do relojoeiro mais importante da época, Isaac Habrecht. 

O relógio impressiona pelo seu design, pelo funcionamento perfeito com seus mostradores e símbolos do zodíaco e pelas informações que oferece. Pelo menos 15 diferentes fatos e eventos astronômicos podem ser lidos no relógio, basta saber interpretar!

Na praça da prefeitura tem um prédio lindo, com formato de uma pirâmide de vidro, que é a Biblioteca de Ulm.

 E novamente a arquitetura moderna e antiga, lado à lado.

 

 Nós na prefeitura à noite (foto de 2004) Veja como a torre da catedral iluminada se destaca na paisagem.

 

Metzgerturm, a torre inclinada 

Saindo da praça da prefeitura (Marktplatz), pegue a rua Unter der Metzig e já avistará a torre Metzgerturm.

A torre Metzgerturm (Torre do Açougueiro) fica na muralha de Ulm, às margens do Rio Danúbio. A torre era um portão na Idade Média, ou seja, uma passagem através da muralha da cidade de Ulm (Ulmer Stadtmauer). Obviamente, uma muralha da cidade tinha o objetivo de proteger a população de ataques. Esta torre da fortificação da cidade foi construída no século 14. 

O matadouro da cidade ficava integrado à torre, daí o nome "Torre do Açougueiro". 

A torre Metzgerturm é conhecida como a "Torre Inclinada de Ulm", por ter sido construída no solo pantanoso às margens do rio Danúbio. 

A torre mede 36 metros de altura e tem 83 degraus. Está inclinada a 2,05 metros para o lado, uma inclinação de 3,3° graus (só para comparar, a Torre de Pisa tem inclinação de 3,97° graus). 

No entanto, a torre é firme o suficiente para não cair, pois passa por um controle todos os anos. A cada cinco anos, a inclinação aumenta cerca de 0,2 milímetros. Mas por questão de segurança, não é possível subir na torre. 

Lendas urbanas: Segundo a lenda, a inclinação da torre foi causada pelo fato de açougueiros obesos serem trancados na torre por punição a mando do prefeito no século 18. Eles haviam misturado serragem às linguiças! Quando o prefeito entrou bravo na cela, os açougueiros assustados se amontoaram todos em um mesmo canto, e a torre se inclinou.

 

Fischer Viertel (Bairro dos Pescadores) 

Atravessando o portal da torre Metzgerturm, a gente chega em um gramado bem gostoso às margens do rio Danúbio. No verão, as pessoas caminham por ali, praticam esporte ou simplesmente deitam na grama para aproveitar o sol. É um lugar bem agradável.

Caminhando uns 3 minutos em direção à rua Fischergasse, a gente chega no bairro Fischer Viertel.

Schönes Haus ("Casa Bonita" em alemão) fica na rua Fischergasse nº 40. A casa recebeu esse nome devido à falta de ângulos retos no seu interior. 

A pintura na parede do lado de fora mostra Belgrado e se refere à Guerra da Turquia (1664-1718) e ao transporte de tropas dos armadores de Ulm.

 Nós na Schönes Haus à noite (foto de 2004)

 

O bairro Fischer Viertel se localiza em torno do rio Blau (Rio Azul) que desagua no Danúbio. É um lugar bem gostoso para explorar a pé. 

5 motivos para conhecer Ulm na Alemanha

 Linda Galeria de Arte que fica na rua Schwörhausgasse nº 9

 Veja a galeria à noite, parece casinha de boneca! Quando fomos no outono, as folhas estavam amarelas e vermelhas.

 

O rio Blau é cristalino e corre calmamente por entre as varandas das casas e dos restaurantes.

O bairro é simpático e aconchegante. É cheio de casas antigas em enxaimel, vielas estreitas, pontes, excelentes restaurantes e lugares para compras. 

O Schiefes Haus ("Casa Torta") fica na rua Schwörhausgasse nº 6. Entrou para o Guiness Book como sendo o hotel mais torto ainda em funcionamento do mundo. Ele tem uma estrutura bastante irregular, dá até aflição de ver. Parece um bolo que vai cair, rs.

Tecnicamente, Ulm não faz parte da Rota Romântica. Mas está tão próxima de outras cidades da Rota, que muitas pessoas incluem Ulm no roteiro. Eu indico isso também, porque Ulm é uma cidade imperdível. Vale à pena conhecer!

 

Leia também:

Rota Romântica

Outras cidades da Alemanha

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.