Frankfurt am Main

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

Na Alemnha existem duas cidades que se chamam "Frankfurt". Para distinguir as duas, eles mencionam o rio que atravessa as cidades. Então, Frankfurt ob der Oder fica às margens do Rio Oder, no norte do país, perto de Berlim, na divisa com a Polônia; e Frankfurt am Main é dessa que vou falar, fica na região central da Alemanha, às margens do Rio Main.

  • Frankfurt é a maior cidade do estado (Hesse) 

  • É a 5ª maior cidade da Alemanha, com uma população de 747 mil habitantes (2018) 

  • É o centro financeiro da Europa continental 

  • O aeroporto de Frankfurt é um dos mais movimentados do mundo 

  • A Estação Central de Frankfurt é um dos maiores terminais de trens da Europa 

  • Frankfurter Kreuz é um dos trevos rodoviários europeus mais utilizados.

  • A cidade é o local do nascimento do famoso escritor Goethe, cuja antiga residência é hoje o museu Goethe-Haus.

Frankfurt foi bastante bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial. Até hoje, bombas são encontradas e detonadas por peritos.

Com o fim da guerra, Frankfurt tornou-se Zona de Ocupação Americana e Sede do Exército dos Estados Unidos na Alemanha. Era um acordo dos Países Aliados para “vigiar” a Alemanha de perto para que ela não “começasse” outra guerra, como foi o caso da 1ª e da 2ª. Mas isso já está mudando, pois ao longo dos anos, gradativamente, os soldados americanos que moram na Alemanha já estão deixando o país.

 

Significado do nome

Os primeiros habitantes que ocuparam essa área foram os Francos, que eram tribos germânicas que invadiram o espaço até então dominado pelo Império Romano e estabeleceram aqui um reinado duradouro na área que hoje é a França e meio da Alemanha. 

A cidade está localizada em um trecho do Rio Main chamado de “Furt”. Então, o nome da cidade pode ser traduzido como o “Furt dos Francos” ou seja, Frankfurt!

 

A Ponte Antiga

A Ponte Antiga (Alte Brücke) foi bombardeada e danificada na Segunda Guerra, mas depois foi reconstruída. 

Ela atravessa o Rio Main e nos proporciona uma bela vista da cidade.

 

Eiserner Steg, a Passarela de Ferro

 Foto da passarela de ferro com a Catedral de Frankfurt ao fundo.

 

Ao lado da Ponte Antiga fica a passarela de ferro de 170 metros de comprimento que atravessa o rio Main ligando o centro histórico ao bairro de Sachenhäusen.  

A ponte foi explodida nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial, mas foi reconstruída pouco depois em 1946. 

Na passarela tem um painel com uma citação de "Odyssey", de Homero, em grego que significa: "Navegando para outras pessoas no mar cor de vinho". A placa é obra do artista Hagen Bonifer criada como parte do evento "Easter Walk" em ocasião do aniversário de Goethe em 1999. 

Atravessar a passarela de ferro nos proporciona uma vista maravilhosa do rio Main e do movimento dos seus navios. 

 Com a Ponte Antiga ao fundo e a Igreja Gótica Dreikönigskirche à minha direita.

A ponte é cheia de Cadeados do Amor!

Em 1993 houve uma grande reforma e as escadarias de acesso receberam elevadores a fim de tornar a passarela acessível a cadeiras de rodas e carrinhos de bebê. 

 Estátua de duas crianças de bronze no poste de luz da escadaria da margem Sachenhäusen.

       A escadaria que fica na margem do centro histórico tem placas na parede que marcam a data e a altura que a água do rio já atingiu durante as piores enchentes que aconteceram na cidade.

 

As margens do Rio Main

Nas margens do Rio Main tem um belo Promenade (calçadão). É muito agradável caminhar por lá. 

Fica muita gente curtindo o sol no final da tarde ou praticanto esportes. Muitos deitam na grama, outros levam as próprias espreguiçadeiras. Não importa como, mas o alemão valoriza demais os poucos momentos de clima quente que têm, e eles aproveitam mesmo! Aqui na promenade a gente vê isso claramente.

Olha que incrível essa foto! Foi tirada no auge do verão!

Mas veja que difereça! Quando está frio, o calçadão fica praticamente vazio. E olha que essa foto abaixo foi batida em março, no início da primavera já. Mas ainda estava bem friozinho.

 Meu marido e minha filha (foto de 2005), e a Catedral de Frankfurt sempre se destacando na paisagem.

 

Tem alguns restaurantes flutuantes nas margens do rio, e eles só funcionam na primavera e no verão quando o clima está agradável. Eles ficam lotados, chega a dar até fila de espera.

Os passeios turísticos de barco saem do calçadão em frente à passarela de ferro.

Das margens do Main dá pra ver essa essa arquitetura bem característica de Frankfurt, que é o Antigo e o Velho lado à lado. Essa construção amarela do meio é a igreja St. Leonhardskirche e o prédio mais alto é a torre do banco Commerzbank.

A Torre do Commerzbank é o prédio mais alto da Alemanha, e até 2003 foi o mais alto de toda a Europa. Ele tem 259 metros de altura e foi concluído em 1997. O edifício foi projetado pelo arquiteto inglês Sir Norman Foster, o mesmo  que projetou a cúpula nova do parlamento Reichstag de Berlim.

 

Römerplatz

Saindo da passarela de ferro, pegue a rua Fahrtor para chegar à praça Römer.

Logo na esquina fica o belo prédio do Museu Histórico de Frankfurt.

À esquerda, fica o prédio Haus Wertheym, construído no início do século 15 em estilo renascentista, foi o único edifício em enxaimel do Centro Histórico a sobreviver ileso da Segunda Guerra Mundial. Hoje abriga o restaurante mais antigo de Frankfurt.

Römerplatz é a praça mais antiga da cidade e também o Marco Zero. Leva esse nome porque no século 16, era considerada a praça mais bonita do Sacro Império Romano da Nação Alemã. 

Foi muito bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial e totalmente destruída. Com o tempo, foi sendo reconstruída de acordo como era antes. As obras terminaram em 1986.

As lojas de souvenirs da praça vendem cartões postais que mostram como a Römerplatz ficou destruída depois da Guerra.

Esse prédio rosinha é do século 15 e nele funciona a prefeitura de Frankfurt. 

No meio da praça fica a Fonte da Justiça, adornada com uma estátua da Justiça com olhos abertos, balança e espada. Essa foi a primeira fonte em Frankfurt. 

A igreja Nikolaikirche foi originalmente construída no século 12 dedicada a São Nicolau de Myra. Nó século 15, foi reconstruída em estilo neo gótico, como está até hoje. É uma igreja Luterana.

 Meus pais com meus filhos (foto antiga, de 2005)

       

Ao lado da igreja Nikolaikirche fica o restaurante Schwarzer Stern (Estrela Negra), outro bom local para provar comida típica e tradicional alemã. Olha o tanto que esse prédio é lindo gente!

Ao redor da Römerplatz tem várias lojinhas de souvenirs e cervejarias. É uma praça bastante movimentada e cheia de turistas.

 Cada prédio tem um nome. Na ordem, da esquerda para a direita: "Grosser Engel"; "Golden Griffon"; "Wild Man"; "Small Badger Hill" e "Grande e pequeno Lauberberg". 

 

 Detalhe do primeiro prédio da esquerda, o "Grosser Engelcom a Fonte Minerva na frente. Grosser Engel significa "Grande Anjo" em alemão e tem esse nome por causa do primeiro proprietário, que se chamava Angelus de Sassen. O Grosser Engel foi o local do primeiro banco estabelecido em Frankfurt, no século 17.

 

 Römerplatz, verão de 2015, quando guiei a família Veríssimo.

 

É aqui na Römerplatz que acontece o famoso Mercado de Natal de Frankfurt e outros eventos importantes da cidade. À noite, a praça é bem iluminada e especialmente linda. (** No final desse post tem um link sobre os famosos Mercados de Natal da Alemanha)

 

A Grande Queima de Livros

No chão, bem no meio da Römerplatz, tem um marco feito de bronze, que mostra o lugar em Frankfurt onde aconteceu a grande queima de livros na época do nazismo. A placa diz uma frase de Heinrich Heine: "Onde se queimam livros, acaba-se queimando pessoas."

O dia 10 de maio de 1933 marcou o auge da perseguição dos nazistas aos intelectuais, principalmente aos escritores. Em toda a Alemanha, principalmente nas cidades universitárias, montanhas de livros se acumulavam nas praças para serem queimados. 

Hitler e seus comparsas pretendiam uma "limpeza" da literatura. Tudo o que fosse crítico ou desviasse dos padrões impostos pelo regime nazista foi destruído. Centenas de milhares de livros foram queimados no auge de uma campanha iniciada pelo diretório nacional de estudantes. 

 

Dom, a Catedral de Frankfurt

Dom significa Catedral em alemão.

Saindo da Römerplatz, pegando a rua lateral do prédio Grosser Engel (a rua Markt), a gente já avista a catedral, lindona, lá no fundo.

A Catedral de Frankfurt, oficialmente Catedral Imperial de São Bartolomeu, é uma igreja gótica católica romana localizada logo atrás da Römerplatz. É a maior igreja de Frankfurt. Este ano fez 605 anos!!! (2020)

É um dos principais edifícios da história do Sacro Império Romano-Germânico. Foi um símbolo de unidade nacional, especialmente no século 19. 

O prédio da igreja atual é a terceira igreja no mesmo local. Desde o final do século 19, escavações arqueológicas revelaram edifícios que remontam ao século 7. A história da Dom está diretamente ligada à história geral de Frankfurt.

Pode subir até o topo da torra da catedral. São 328 degraus. Eu nunca subi. Li que é difícil e claustrofóbico, mas claro, a vista deve compensar. Preço da subida → 3 euros.

               A Dom vista das margens do Rio Main.

 

Museu Schirn Kunsthalle

O Schirn Kunsthalle é o museu de arte moderna de Frankfurt. Fica ao lado da Catedral. 

Voltando da catedral para a Römerplatz, tem um caminho bem gostoso de fazer, através de um corredor com uma bela cúpula no meio. Aqui também tem estação de metrô e cafeterias ao redor. É um lugar bastante agradável.

 O acesso à cúpula é livre e grátis. É tipo uma "passagem de pedestres"

 

Paulsplatz

A Paulsplatz é uma praça enorme que fica ao lado da Römerplatz. Nela fica a Igreja de São Paulo em estilo clássico do século 18. 

Depois da reconstrução da praça após a Guerra, a Paulsplatz se tornou “o lado de trás” da prefeitura de Frankfurt. A ponte que liga os prédios era conhecida popularmente como "Ponte dos Suspiros" porque há séculos atrás, os cidadãos pagavam ali seus impostos. 

O Ratskeller é um grande salão que faz parte da prefeitura e pode ser alugado para casamentos, festas de empresas e outros eventos. O salão é maravilhoso por dentro.

A praça Paulsplatz é uma grande área para pedestres com bastante árvores e vários cafés e restaurantes com mesas ao ar livre durante o verão. É cheio de lojinhas para turistas. É uma delícia ficar ali sentado, lanchando, dando uma pausa, só curtindo o movimento.

 A rua Braubachstraße que faz esquina com a Paulsplatz.

 

Saindo da praça Paulsplatz, atravesse a rua Berlinerstraße e siga direto pela rua Liebfrauenstraße até chegar na rua Zeil.

A Zeil é a principal rua do centro de Frankfurt. É uma das mais famosas ruas comerciais na Alemanha, frequentada tanto por turistas quanto pelas pessoas que vivem aqui. Ela é famosa pela grande variedade de lojas. É um calçadão fechado para carros, só transitam pedestres.

 A Zeil está indicada com a seta na foto.

 

Shopping MyZeil

Shopping MyZeil é fica no nímero 106. Ele é facilmente reconhecido pela sua diferente e moderna arquitetura. Aposto que você não vai resistir e vai tirar uma foto na frente desse "buraco"!

Por dentro, a aquitetura é mais legal ainda. Não deixe de entrar e suba até o último piso.

 À noite com a iluminação, o shopping fica mais legal ainda.

A Zeil é uma rua super segura. Pode andar por ela à noite sem preocupação.

 

Galeria Kaufhof da Zeil

A principal e mais famosa loja de departamentos da Alemanha se chama Galeria Kaufhof. E a Kaufhof da Zeil é especial, porque no último andar tem um terraço com restaurante que nos proporciona essa vista sensacional da cidade! Ótima oportunidade para uma pausa, tanto para café ou para almoço!

Pode subir de graça, e nem precisa consumir nada no restaurante. Mas a gente não resite e sempre come alguma coisa ou toma um café com essa vista.

Lá do alto a gente tem uma linda vista da praça Hauptwache e da igreja St. Katharinenkirche.

 

Opera

Saindo da praça Hauptwache, pegue a rua Biebergasse. Caminhar por ela é muito agradável. A rua é cheia de restaurantes e lojas. É fechada para carros, e à uma certa altura, ela muda de nome e passa a se chamar rua Große Bockenheimerstraße.

 Estátua de mármore que fica na rua Große Bockenheimerstraße nº41.

 

Paralela à Große Bockenheimerstraße fica a rua Goethestraße, centro de compras de lojas de luxo de Frankfurt.

Ao fim da rua, chegamos na praça da Ópera de Frankfurt. Aqui acontecem os mais belos espetáculos, nacionais e internacionais, agitando ainda mais as noites da cidade. O prédio da Ópera é belíssimo. 

       Na fachada do prédio está escrito "Dem Wahren Schoenen Guten". A tradução é meio poética, significa "O Verdadeiro Belo"

 

Caminhando pela Zeil, chegamos no magnífico prédio da Ópera. Aqui acontecem os mais belos espetáculos, nacionais e internacionais, agitando ainda mais as noites da cidade. O prédio da Ópera é belíssimo.

O Alte Oper, como também é chamado, foi inaugurado em 1880, mas destruído por bombas em 1944. Foi sendo reconstruído lentamente durante a década de 1970, reabrindo novamente em 1981. Lá dentro tem um restaurante muito bom, aberto ao público.

 

Torres Gêmeas do Deutsche Bank

Endereço → Taunusanlage, 12

Aqui, na mesma praça da Ópera, tem um parque bem bonito, com muitas árvores, é o Taunusanlage. Caminhe por ele até chegar nos prédios da sede do Deutsche Bank. Eles têm 155 metros de altura e ficaram prontos em 1984.

As torres são de vidro facetado, e por isso ficam de cores diferentes dependendo do ângulo de visão. De cima, eles refletem o chão, parecendo preto e do chão, eles refletem o céu azul. As torres se interligam no andar térreo.

As torres são apelidadas de "Débito e Crédito" kkkkk gostei (Soll und Haben) em alemão.

O Deutsche Bank usou a renovação das torres para implementar muitas idéias inovadoras e progressivas, principalmente no campo da ecologia. Por exemplo, o banco reduziu seu fornecimento de energia pela metade, o consumo de água em mais de 70% e as emissões de CO2 em quase 90%, tornando as novas torres um dos arranha-céus mais ecológicos do mundo.

 

Main Tower / Helaba

Endereço → Neue Mainzer, 52-58 Frankfurt. Preço: 7,50 euros. Tickets online → maintower.ticketfritz.de/en

A Main Tower é uma plataforma de observação turística, de onde podemos apreciar Frankfurt do alto. É um prédio de 56 andares e 200 metros de altura. Se contar com a antena, mede 240 metros de altura. 

Muita gente pensa que Main Tower significa “ Torre Principal”, mas não! Main é referente ao nome do Rio Main. A Main Tower não é o prédio mais alto de Frankfurt! O mais alto é o prédio do Commerzbank.

O design da Main Tower parece ser duas torres conectadas. A menor é quadrada, e a mais alta é uma torre circular toda de vidro, com uma antena de transmissão no topo. A Main Tower foi concluída em 1999 e serve como sede do Helaba ( Banco Hessen-Thüringen ) e outros escritórios de empresas renomadas.

Lá de cima a vista é maravilhosa. Dá pra ter uma boa noção da cidade e ver que Frankfurt não é composta de muitos prédios altos, pelo contrário, a maioria das construções são baixas. 

 Rio Main.

 

     Römerplatz

 

Curiosidade: A construção mais alta de Frankfurt é na verdade a Torre de TV Europaturm, com 337 metros de altura. Mas como não é considerada um edifício ocupado, não entra no roll dos mais altos. 

 Torre Europaturm.

 

No verão, suba ao Main Tower para ver o pôr do sol! De março a outubro, o mirante fica aberto até às 23h (sextas e sábados).

 No alto da Main Tower com minha sogra e meu marido.

 

O Velho e o Novo lado à lado

Andando por Frankfurt, vemos o velho e o novo, lado à lado, uma característica marcante da cidade! 

 

Estação Central de Frankfurt

A Frankfurt Hauptbahnhof é a estação ferroviária central de Frankfurt. Com 350 mil passageiros diários, a estação do Deutsche Bahn é, em termos de tráfego, a segunda maior estação da Alemanha e uma das maiores estações da Europa. 

Os trens Inter City Express, conhecidos como ICE, são os trens de alta velocidade da companhia alemã Deutsche Bahn (DB). Os trens podem atingir até 300km/h. São ultramodernos, confortáveis e seguros. O ICE possui rotas pelas principais cidades da Alemanha, e internacionais, ligando a Alemanha à outros países como França, Suíça, Áustria e Países Baixos.

 

Passeios próximos de Frankfurt

(46 Km) → Castelo de Frankenstein

(60 Km) → Heppenheim

(63 Km) → Rüdesheim / Vale dos Castelos

(87 Km) → Schwetzingen (Castelo + Jardins)

(89 Km) → Heidelberg

(90 Km) → Wertheim Cidade + Outlet

(120 Km) → Würzburg, a 1ª cidade da Rota Romântica

Vale do Rio Reno e Rio Moselle → O Vale dos Castelos da Alemanha

 

Leia também:

Os Famosos Mercados de Natal da Alemanha

A Rota Romântica

 Outras cidades e passeios pela Alemanha

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.