↓ Choose the Language ↓ 

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

KIOTO

 

Kioto área por área youinjapan.net/kyoto/

 

Uma das cidades mais bonitas do Japão, foi a capital do império por mais de mil anos, até Tóquio se tornar a capital moderna em 1868. Enquanto o mundo se apressa, Kioto é tranquila e feita de uma série de momentos perfeitos. A cidade tem cerca de 2.000 templos!!!! Diferentemente de Tóquio, aqui sim em Kioto a gente se sente no Japão!

 

Cheguei em Kioto achando que fosse uma cidade pequena e zen, mas não, é gigante e moderna, mas sem os arranha-céus de Tóquio. É tudo muito longe e o principal meio de transporte é o ônibus. Olhando no mapa parece tudo perto, mas não se engane, se for andar, vai andar muito!

 

Estação de Kioto – Concluída em 1997, chama muita atenção por destoar do padrão antigo de Kioto. É praticamente um ponto turístico. Enorme, de vidros, futurista e moderna (e muito criticada pelos tradicionais japoneses!). Cheia de lojas, restaurantes, loja de departamento e até mercado!

 

O Japão está à frente no que se diz respeito ao cuidado ambiental. A imagem do país está associado à baixos níveis de poluição. Chefes de estado de vários países vêm especialmente à Kioto p participarem de seminários sobre como diminuir o efeito estufa no planeta Terra. Os meios de transporte no Japão são na sua grande maioria de um sistema híbrido, para evitar o excesso de liberação de gás carbônico e outros gases que destroem a camada atmosférica. 

 

Vemos muitas máscaras nos rostos das pessoas, mas nada tem à ver com poluição, e sim para não transmitir doenças e por causa de alergias respiratórias, principalmente na época da floração das cerejeiras por causa do pólen.

 

Lojas tradicionais: Sannen-Zaka e Ninen-Zaka

 

Lugares em Kioto que merecem ser visitados:

 

* Atenção! Os templos abrem e fecham cedo. Tente checar os horários de funcionamento de cada um antes de ir.

 

* Outra coisa: Os templos são lugares enormes, prepare-se para andar muito e subir muitas escadas! A arquitetura japonesa se integra profundamente com a natureza. Por isso, são parques enormes com o templo lá no meio. Até chegar no templo mesmo tem que andar muito... Então vamos lá! 

 

Fushimi Inari TaishaPartindo da estação de Kyoto para a estação Inari (a mais próxima ao santuário) são 5 minutos pela linha JR Nara Local e custa 140 ienes (1,49 dólares). Logo que sair da estação Inari, tem um portal enorme do outro lado da rua, aqui já começa o templo que fica na montanha. A entrada é gratuita.

 

 

 

Esse é um santuário xintoísta dedicado a Inari, deus do arroz, da fertilidade, da agricultura, das raposas, e sucesso e prosperidade nos negócios. Famoso pelos seus 10.000 torii’s (portal japonês) vermelhos. São 4km com milhares de torii ao longo da montanha! As centenas de portais são doações de pessoas e empresas em agradecimento ao seu sucesso e prosperidade. O nome do doador e a data da doação estão inscritas em cada portal.

 

Tem várias estátuas de raposa por todo o santuário! Elas são consideradas mensageiras de Inari. Os japoneses tradicionalmente vêem a raposa como uma figura sagrada, e misteriosa com habilidades sobrenaturais de “possuir” pessoas. Na antiga tradição japonesa, a raposa é a guardiã dos celeiros e, por essa razão, em Fushimi Inari, algumas raposas são representadas com uma chave na boca.

 

O tempo estimado para chegar ao topo da montanha é de 2 horas. Se vc pretende visitar outros templos no mesmo dia, então não suba a montanha toda. Vá somente até a primeira parte dos toriis maiores, no meio da floresta.

 

 

Castelo Nijo-jo(ônibus 9, 50 ou 101)

Foi residencia de um poderoso comandante do exército na época de 1600 e dois séculos depois, abrigou o imperador. Ele é todo preto e dourado!!! Há muito trabalho em madeira com cobertura de ouro! Tem um “piso rouxinol” dentro do castelo, que é um piso de madeira que conforme as pessoas andam, vai fazendo um barulho que lembra o canto desse pássaro. O objetivo era avisar a chegada de alguém. Clique aqui para ver e ouvir o som www.youtube.com/watch?v=jJThECzA1bc

 

 

 

 

Floresta de Bambus ARASHIYAMA: Uma beleza indescritível! Suba até o parque dos macacos e alimente-os com suas próprias mãos!

 

 

 

Higashiyama Districtsitua-se na zona leste da cidade de Quioto, entre a serra Higashiyama e o rio Kamogawa. Saindo do templo Kiyomizu-dera,  desça o "Sannenzaka" (foto abaixo) e você chegará no distrito. Este passeio começa na Montanha de Otowa e leva você através de ruas sinuosas até Maruyama Park. Você vai encontrar a rua repleta de lojas e restaurantes, todos tradicionais. 

 

Sannenzaka, Higashiyama District

 

 

Gion - Visitar a rua Hanami-Koji Dori 

 

 

Gion é a região de Kyoto onde vivem as Gueixas! Depois de descer Kiyomizu-dera do Mt Otowa pelas ruas sinuosas de Higashiyama e, finalmente, para parque Maruyama .... Continue para o oeste um pouco mais e você vai correr em linha reta em Gion, onde, em qualquer momento, é provável que vc veja uma gueixa ou uma Maiko. Nesta área, você pode visitar uma "Chaya" (casa de chás), onde será atendido por uma gueixa de verdade. No entanto, te aviso: Isso vai custar caro!!!

 

 

 

Templo Kiyomizu-dera(ônibus 100 ou 206 para Kiyomizu-michi)

Significa "água pura". As pessoas ficam tomando a água num copinho que tem cabo comprido, tipo uma vara. Eles tomam a água que escorre do telhado do templo acreditando que isso traga boa sorte. Tem todo um ritual pra fazer. Lava-se primeiro a mão esquerda, depois a direita e depois a esquerda de novo. Só depois pode beber a água, que é considerada uma das mais puras do mundo! Não se preocupe com o copinho, vc notará que ele foi esterilizado. 

 

 

 

 

 

 

 

Templo Kinkaku-ji(ônibus 101 ou 205, parando em Kinkaku-ji-michi)

É pequeno, dá pra conhecer rapidinho. Construído em 1397, é chamado de templo do Pavilhão Dourado, porque é coberto por folhas de ouro, com uma fênix de ouro maciço no topo. Tem uma réplica dele em Itapecerica da Serra em São Paulo.

 

 

 

Templo Heian-Jingu Shrine: É muito grande e amplo, com um grande portal na rua em frente à entrada dele. É um dos maiores portais do Japão!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.