↓ Choose the Language ↓ 

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Curiosidades sobre a Croácia

Esse post faz parte de uma série que escrevi sobre a viagem de 11 dias que fiz na Croácia com minha família, quando alugamos um carro na capital Zagreb que fica no norte, e descemos pela costa até Dubrovnik extremo sul do país, passando por várias cidades: Zagreb, Zadar, Split, Hvar, Stari Grad e Dubrovnik. Conto tudo aqui no blog.

Viagem com a família pela croácia de carro Blog da Ana Cassiano anacassiano.com.br

A Croácia é um país surpreendente do Leste Europeu. Só pra você entender, no passado ela fazia parte do domínio húngaro. Depois virou Iuguslávia. Durante boa parte do século 20 passou por uma violenta guerra civil que só acabou em 1991. Com isso, a Iugoslávia foi dividida em 4 partes, e a Croácia é uma delas. Então pra resumir, a Croácia é uma parte da antiga Iugoslávia.

Apesar de ter uma história tumultuada, marcada por guerras, conflitos e sofrimento, o país hoje já está praticamente refeito. Uma coisa fantástica! E quando a gente vê assim, um país em harmonia, onde tudo funciona tão bem, não dá nem para acreditar em tudo que a Croácia passou, e tão recentemente. 

Não foi por acaso que a Croácia se transformou num dos destinos turísticos preferidos da Europa. Especialmente no verão, quando se pode desfrutar dos seus milhares de quilômetros de costa e de suas ilhas paradisíacas. O país é a mistura perfeita de beleza natural com história e está muito bem preparado para o turismo! 

A Croácia tem o tamanho do estado do Piauí, mas recebe por ano 4 vezes mais turistas que o Brasil!!! 

A melhor forma de conhecer a Croácia é alugando um carro no norte do país e descer até a última cidade do sul, passando por várias cidades, estradas e balsas que ligam o continente às ilhas. Se vc gosta de dirigir, saiba que as estradas da Croácia são lindíssimas, e as que margeiam a costa então… nem se fala! É uma viagem e tanto! Foi o que eu fiz e vou contar tudo aqui pra vocês. 

Mas antes, aí vão algumas coisas que você precisa saber sobre a Croácia...

 

A Gravata

Os croatas são os inventores da GRAVATA. Os franceses se apaixonaram pelo adereço e levaram a fama da criação, mas na verdade eles só disseminaram mesmo. Observem que a palavra gravata e croata até se parecem.... e não é coincidência! Os lenços usados pelos croatas que lutavam pelo Rei Luís XIV da França chamaram atenção na época.

Durante um desfile de vitória em Paris, os franceses ficaram tão encantados com os lenços usados que os chamaram de cravate (que significa croata) e também passaram a usá-lo. No século 19, a elegante peça de vestuário deixou de ser apenas um adereço de uniforme militar e passou a fazer parte do guarda-roupa masculino. 

       Vitrine de uma loja em Dubrovnik.

 

Os Dálmatas

Split é a segunda maior cidade da Croácia. Fica localizada na faixa litorânea entre as montanhas e o Mar Adriático. Essa região se chama Dalmácia. Então, quem nasce ali é dálmata!! SIM, a famosa raça de cães pintadinhos originou-se na Croácia.

 

Game of Thrones & Star Wars

Se você gosta de Game of Thrones com certeza já ouviu falar na cidade de Dubrovnik, porque lá foi filmada a série praticamente toda. Estamos falando de uma cidade real, mas que parece cenário de filme medieval de tão incrível que é. 

Além de Dubrovnik, Split foi outra cidade croata que serviu de cenário para GOT. 

O mesmo aconteceu com a série Star Wars - Guerra nas Estrelas. Em março de 2016, as ruas de Dubrovnik serviram de cenário para as gravações do Episódio 8. 

Eu escrevi um post mostrando cada local de cada cena de Game of Thrones gravadas em Dubrovnik e em Split. Clique AQUI para ler.

 

Os "Apartments" 

Outra coisa bem característica da Croácia é o tipo de hospedagem. Na hora de procurar por hotéis, aparece a oferta de muitos "Apartments", que são praticamente a casa de um croata! Não chega a ser um AirBNB, mas é muito parecido. Os lugares têm quarto, sala, cozinha, varanda, jardim, enfim, é praticamente uma casa que o croata monta para nos receber. E isso é sensacional, porque vira uma viagem de experiência, onde a gente vive a rotina de um cidadão local. Geralmente essas hospedagens ficam nos bairros, e isso é muito legal, porque a gente não fica parecendo turistas. Eu adorei sair cedo, à pé mesmo, pra tomar café da manhã na padaria do bairro. O povo fala um pouco de inglês e entende bem o alemão, o que facilitou bastante a nossa vida.

Ao longo da viagem, vou mostrando com mais detalhe os lugares onde ficamos hospedados em cada cidade. 

        Nosso apartamento em Split.

 

         Nossa casa em Zagreb.

 

         Tivemos garagem e até jardim!!

 

         Tinha até máquina de lavar roupa!

 

Influência Veneziana

A Croácia fica “do ladinho” da Itália. Os dois países são separados apenas pelo Mar Adriático. 

Por causa dessa proximidade toda e pelo domínio do Império Romano nos séculos 15 e 16, Veneza era dona desses mares e impôs sua cultura e arquitetura sobre os lugares que eram do seu domínio. Resultado: a Croácia tem "ares italianos”. Lembra muito a Itália! Tanto na comida e principalmente na arquitetura. Vemos isso claramente nas cidades que passamos.

       Zadar.

 

       Split.

 

      Hvar.

         Parece Itália, mas é Dubrovnic!

 

        Placa em Hvar.

 

O imperador "romano" era CROATA!

Diocleciano foi um imperador romano que nasceu na cidade de Salona (que fica pertinho de Split). Sim, um CROATA foi líder do Império Romano!

Governou por 20 anos, até que resolveu se retirar da vida pública, mudando-se em 305 d.C. para o palácio que mandou construir. Diocleciano foi um dos únicos imperadores romanos que não foram assassinados! Ele foi esperto: se aposentou de Roma, voltou para a Croácia, mandou construir um belo palácio (em Split) e lá viveu feliz e sorridente até morrer de velhice. 

        Palácio de Diocleciano em Split.

 

       Diariamente ao meio-dia, há uma apresentação teatral das aparições de Diocleciano na praça central do palácio. É muito legal!

 

O Manto Quadriculado!

É muito difícil se acostumar com a camisa da seleção da Croácia rs. A imagem que vem à cabeça é de uma toalha de mesa (com todo respeito). Mas eles tem o maior orgulho da camisa, que por sinal é vendida em cada esquina. Meu filho não resistiu e comprou uma.

O porquê da camisa xadrez tem várias explicações. Segundo algumas versões, é referente a duas etnias, apelidadas de Croácia Vermelha e Croácia Branca, que compõem a população do país. Outras relatam que o padrão deriva da própria formação do povo croata, que teria sido originado onde é o Irã e, em sua caminhada rumo à Europa, adotara o sistema de cores para identificação e direcionamento na trajetória. Uma terceira possibilidade, diz que o desenho é uma homenagem a uma vitória épica que o rei croata Stjepan Drzislav teve no xadrez contra um príncipe da região do Vêneto, hoje parte da Itália. Ahhhh, eu prefiro essa última!

 

A moeda: KUNA!

A moeda da Croácia é a Kuna, e vale 50 centavos de Real (julho 2017). Mas não se iluda. A princípio, a gente acha que é barato e que nossa moeda vale mais. Mas as coisas lá são caras! A gente acaba precisando de alguns Reais à mais para comer, beber e se divertir.

Achei muitas coisas caras, mas vou dar o exemplo das bebidas: O preço é EXORBITANTE! Na Croácia eles não tem o hábito de garrafas de 600ml ou latinhas de 350ml. Quase tudo é servido em quantidades de 200ml com preço de ouro! Seja água, refri, suco ou cerveja. Então se vc for pra lá algum dia, vá preparado para não tomar susto. Percebi que é uma coisa cultural deles lá. O povo que consome não acha ruim nem reclama porque já estão acostumados.

 

Na cafeteria, só café!

Bom, aqui eu abro um parênteses para explicar um hábito peculiar de Zagreb que se chama SPICA. Uma manhã de sábado, um visual impecável, uma praça, uma mesa, um café (kava, para ser mais croata): essa é a spica, hábito que os zagrebianos mantêm com propósitos de “ver e ser visto” nas cafeterias espalhadas pela cidade. 

Mas o que isso tem demais? Olha gente, o que me deixou impressionada é que nesses lugares a gente não encontra NADA para comer, só para beber. A gente tava com fome, vontade de parar e comer um lanche, com comida e bebida, mas não encontramos. Então comprávamos sanduíche em outro lugar, padaria por exemplo, e trazia para a cafeteria para comer sentados e bebendo alguma coisa. O bom é que eles não se importam. Mas gente, nem no café da manhã conseguimos um pãozinho ou croissant para comer na cafeteria. Só tinha café mesmo, ou água, ou suco, ou refri.... enfim, só bebida! 

Nos bares acontece o mesmo. Só tem bebida, nada de petiscos ou tira-gosto. E cigarro né! Affffffffffffffffff êta povo que fuma, CREDO! E dentro dos estabelecimentos é permitido fumar!! Lá eles não tem leis que proibem, e isso eu achei bem atrasado!! 

 

A água

Se você é sensível ao gosto da água como eu, então se prepare porque a água mineral da Croácia é horrível! Parece Sal-de-Fruta ENO sabe, aquele pó efervescente pra azia, rs. Pior que é verdade mesmo. 

Eu olhei os componentes de sais que contêm na água e fiquei impressionada com os valores altos. Vem escrito na própria garrafa, na parte de composição. A água tem muito magnésio e cálcio também. Quando a água seca no copo ou nas louças lavadas, ficam umas manchas de resíduo branco de tanto cálcio. 

Talves o relevo da Croácia justifique isso. Dirigindo pelas estradas, a gente atravessa paredões de montanhas rochosas brancas, puro calcário.

           Lá no verão o calor é tanto, que a gente acaba bebendo a água ruim mesmo, não tem outro jeito.

 

LAVANDA

O solo da Croácia é bem propício para o cultivo da Lavanda. Os campos aparecem mais na ilha de Hvar. Produtos típicos feitos com a lavanda são vendidos em barracas espalhadas pelas cidades. Fica um delicioso cheiro de lavanda no ar. 

Maio é o mês da floração. Eu estive na Croácia no verão, mês de julho/agosto e não cheguei ver os campos floridos. Mas aproveitei cada barraquinha de lavanda da Croácia e comprei muitos souvenirs.

 

Leis Estranhas

Para tentar manter o respeito e a ordem em certas praias que recebem muitos turistas, foram criadas algumas leis na Croácia que pode parecer um pouco estranhas pra nós. Por exemplo, olha essa placa em Hvar. Se andar de biquini pela cidade, ou se comer e beber pelas ruas, leva multa na hora! 700 EUROS! É melhor não arriscar e cumprir as leis mesmo, rs.

Eu também vi isso nas cidades da Costa Amalfinata na Itália. Mais um exemplo de que a Croácia tem muita influência italiana, não só na comida e arquitetura, mas nos costumes também.

 

As Praias da Croácia

As praias croatas não são como as do Brasil. Elas são de pedra, não tem areia. Tem até que comprar um sapatinho especial para andar nelas, senão dói os pés. Nem chinelo Havaianas resolve. Tem que ter a mente aberta para encarar essa diferença. Quem visita a Croácia já tem que ir sabendo disso, pra não sair falando mal depois. 

Mas por outro lado, são praias lindas, de água calma e cristalina. Parecem piscinas!

São praias bem peculiares. Escrevi um post falando só sobre as praias da Croácia. Clique AQUI para ler.

 

Alugue um barco, mesmo não sabendo pilotar!

Outra coisa SENSACIONAL na Croácia, é que a gente pode pilotar um barco sem mesmo nunca ter feito isso na vida antes!! Hahahaha verdade! Na praça principal de Hvar, ficam vários barqueiros locais oferecendo passeios ou aluguel do próprio barco. Barquinhos pequenos são alugados para os turistas, que não precisam nem de licença para pilotar acredita?? O dono do barco dá uma breve explicação e pronto! Uma aulinha de 10 minutos somente, sobre como manobrar o barco, como navegar sem GPS (hahahahaha juro!), o que fazer em caso de acidente ou se nos perdermos (hahahaha juro também!) e sobre autonomia do tanque de gasolina. 

          Uma aula de 10 minutos!

 

        Depois a gente segue por nossa conta!

 

O importante é saber que não se tem registros de que algo tenha dado errado com alguém, e se deu, ninguém ficou sabendo. A verdade é que a coisa funciona bem. Vários turistas alugam seus barquinhos diariamente, saem quase todos juntos, e no final do dia, voltam todos juntos também. É até bonito de se ver, aquele monte de barquinhos voltando para o porto ao mesmo tempo.

Em média, um barquinho simples custa uns 350 reais para usar o dia todo. Cabem 5 pessoas, e vc pode dividir o custo com alguém. O passeio é para explorar as Ilhas Paklinski, um dos lugares mais lindos e paradisíacos da Croácia. Vale SUPER a pena! Um passeio que não pode deixar de fazer. Conto tudo no post de Hvar.

Ainda tenho muitas coisas interessantes para falar sobre a Croácia, mas pra não ficar chato, prefiro ir contando ao longo do Blog à medida que as coisas íam acontecendo. Acho que assim fica mais gostoso de ler. Então vamos lá! 

Primeiro destino: Zabreb!

 

Todos os meus posts sobre a Croácia:

Curiosidades gerais sobre a Croácia

Cenários de Game of Thrones

Características das Praias da Croácia

Zagreb

Zadar    

Split

Palácio de Diocleciano em Split

Balsa de Split para Hvar

Ilha de Hvar

Passeio de Barco pelas Ilhas Paklinski

Stari Grad

Hvar→Sucuraj→Drvenik

Dubrovnik

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.