Comidas e Experiências Gastronômicas no Japão

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

O Rámen (ou Lámen)

Todo mundo pensa que no Japão o povo só come Suhi e Sashimi, mas a principal refeição deles é o Rámen.

Carne bovina quase não tem no Japão! Muito raro de encontrar.

Rámen (pronuncia-se Lámen) é um macarrão tipo “miojo”, com bastante caldo à base de carne, peixe ou frango, e temperado com molho shoyo e tarê. É um prato que vem com bastante vegetal e é comum adicionar também ingredientes como algas, brotos de bambu e naruto (massa de peixe rosa com desenho de espiral). O naruto é tipo um kani que vem mergulhado na sopa do rámen.

A Fanta no Japão é verde! E tem gosto de melão, uma delícia.

 

Como entender o Cardápio?

O cardápio é ilegível para nós estrangeiros. E poucos restaurantes tem os pratos traduzidos em inglês. Mas uma coisa que facilita bastante são as fotos! Os cardápios sempre têm muitas fotos, Graças à Deus! Quando o garçom vem, a gente só aponta com o dedo e pronto, rs.

Muitos lugares vão além disso. Possuem réplicas das comidas feita de um material tipo resina, que reproduz direitinho a cara dos pratos e das bebidas! Assim fica fácil decidir. Essas amostras ficam nos balcões ou nas vitrines dos restaurantes.

O mesmo acontece com as sobremesas.

Eu não acho que seja para facilitar a vida do turista estrangeiro não. Acho que isso é cultural! Mas que facilita nossa vida, ahhh isso facilita! Abaixo, outro painel estilo "Aponte e Coma!"

 

A Conta

Olha as contas para pagar nos restaurantes! hahahaha A gente não entende nada!!!

Como faz pra conferir um negócio desse gente? Meu marido tinha uma tática, contar o número de ítens que a gente tinha pedido... pelo menos isso dá pra conferir né, e só! 

   Nessa conta aqui eu só entendi o meu nome, rs! Por causa do cartão de crédito.

 

   Instruções de como pedir e pagar no Mac Donald's de Tokyo... Entendeu?

 

Dicas de viagem para países de língua difícil, leia AQUI

 

Curiosidades

Olha que higiênico: a gente recebe a conta na mesa, assim que o garçom traz os pratos. Mas pode comer com calma, sem pressa alguma. Quando a gente termina, levanta e vai até o caixa que fica na saída, perto da porta. Dinheiro ou maquininha de cartão são coisas muito sujas e o japonês nunca os manuseia perto das mesas. O garçom só serve a comida! Quem recebe o pagamento é um outro funcionário, responsável só por essa função. A gente paga a conta e já sai pra rua. 

Outra coisa interessante: No Japão não se dá gorjeta! O preço que está na conta é exatamente o mesmo que o caixa vai te cobrar. Nem um centavo à mais! 

Ahhhhhh, e tome CUIDADO! “Tim-Tim” no Japão não é brinde! Significa "pênis" hahahahahaha. Então é melhor não usar essa expressão no restaurante! 

Os japoneses raspam o prato sempre. Lá as porções de comida são pequenas e não é falta de etiqueta repetir e sim deixar sobras. Isso é normal em países que passaram por guerras.

 

Coma no Suvaco!

O nome em português pode não trazer boas impressões, mas vá por mim, esse Food Market é maravilhoso! Tem uma ótima filial dentro da Estação Central de Kyoto, onde comemos maravilhosamente bem. Se tiver a chance, vá conhecer. Ahhh, e de cheiro ruim de sovaco lá dentro não tem nada, rs.

 

Comida em Esteiras

Restaurantes onde a comida é servida em esteiras (sem contato com garçom) são comuns no Japão. Quando fui, o UOBEI era lançamento, novidade! Era o máximo comer lá. Quando você for ao Japão, pesquise qual restaurante de esteira é o mais legal no momento. Mas vá conhecer! Porque é uma experiência bem bacana. Endereço do UOBEI (2-29-11 Dogenzaka, Shibuya, Tokyo) 

Restaurantes "de esteira" são aqueles onde a gente faz o pedido pela tela de um computador e o sushi vem num trilho... sozinho, sem garçom, bem no estilo "tecnologia japonesa"!

Assista ao video abaixo:

 

Minhas experiências gastronômicas no Japão

Confesso que não sou de comer "coisas estranhas". Não sou daquelas que mergulham na cultura de cabeça para viver todas as experiências gastronônicas do país não! Nisso eu deixo muito à desejar. Sou bem seletiva (chata) pra comer. 

Vou mostrar algumas especiarias japonesas que experimentei por lá:

  Comidinhas fofas

 

  Kit Kat de sabores exóticos: Chá Verde, Abóbora, Pudim e Feijão!

 

   Pão Preto nos fast foods

 

   Milho Branco

 

  Pipoca à granel

 

  Champagne em garrafa pet

 

   Tapioca Pastel Yogurt (??????)

 

  Quando a gente pede um chopp, ele vem assim, nesse copo minúsculo! Um copo normal de Coca-Cola vem com mais conteúdo do que o chopp. E o preço não é menor por isso!

 

A gente pira nas máquinas de bebidas que tem espalhadas pelas ruas. Tem cada bebida deliciosa! Super diferentes de tudo que já bebi na vida.

Agora, o Gran Finale! Eu não cheguei a conhecer os mercados de comidas "frescas" (bichos vivos) e trecos estranhos que os japoneses comem. Mas nas prateleiras dos mercados deu pra imaginar como são esses lugares. Esses pacotinhos de "salgadinhos chips" eu vi muita gente comprando para consumir enquanto caminham pelas ruas. Esses eu não experimentei, mas fotografei!

 

Leia também:

Minha viagem pelo Japão

Fatos, Curiosidades e Informações sobre o Japão

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.