LONDRES - Parte 1

Choose the Language ↓ Escolha o Idioma

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified
 
 

 

** Já de cara, vou começar esse post avisando que é raro (raríssimo!) fazer sol em Londres. O tempo por lá é sempre nublado (vc verá isso nas fotos). Se vc conseguir pegar sol em Londres, sinta-se uma pessoa de extrema sorte!

Londres é uma cidade intrigante. Em nenhum outro lugar que já conheci até hoje a globalização é mais visível. Em Londres, tem muita gente que não é de Londres. Milhões de pessoas de todas as raças e nacionalidades lotam as ruas da cidade, sejam turistas ou moradores. E isso resulta numa diversidade incrível de culturas e estilos.

Londres tem características que são só dela: os ônibus de dois andares, os taxis pretos antigos com volante do lado direiro, as cabines de telefone vermelhas e a arquitetura que nos faz sentir num filme de Scherlock Holmes.

Leia AQUI Como dirigir na Mão Inglesa; Como surgiu o volante no lado direito dos carros; Como são as Estradas no Reino Unido

 

CURIOSIDADE:

A bandeira da Inglaterra é a Cruz vermelha de São Jorge sobre fundo branco. São Jorge é o Santo Padroeiro da Inglaterra, que, segundo a lenda, salvou uma princesa de um dragão e com o seu sangue fez um sinal da cruz em seu escudo branco. A bandeira de Londres baseia-se no desenho da bandeira da Inglaterra, só que com uma espada também vermelha com a lâmina voltada para cima no canto superior esquerdo, que representa a espada usada para decapitar São Paulo, padroeiro da cidade.

 

A Moeda

Viajar pelo Reino Unido, pra nós que somos brasileiros e ganhamos em Real, é muito caro. O Reino Unido se dá ao luxo de possuir moeda própria (o Pound ou Libra) para preservar a sua soberania e sua moeda forte, que vale mais que o Euro. 

A família real é muito querida e respeitada e em todas as moedas e cédulas tem o rosto da Rainha Elizabeth estampado. As mesmas notas circulam em todo o Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte). 

As notas são praticamente um álbum de retratos de Elizabeth. Tem o rosto dela em todas as idades, desde nova até mais velha. Leia esse artigo clicando AQUI

Nesse video abaixo, meu filho fez uma dobradura na nota de Libra, de forma que a Rainha fica triste ou feliz de acordo com os movimentos da nota, rs. Assista:

 

Nossa história com Londres já é antiga. Você verá nesse post fotos desde quando meus filhos eram pequenos

 

Minha recomendação de Hotel em Londres: Ibis Blackfriars. Boa localizaçao e bom preço. Link AQUI

 

Tower Bridge

O principal símbolo de Londres depois do Big Ben é a ponte Tower Bridge. Não deixe de atravessar a ponte à pé, porque passar por debaixo das torres é bem legal. Através de um elevador é possível subir na passarela que fica lá no alto (Preço: £9,80). É uma ótima plataforma de observação que abriga a Tower Bridge Experience, uma exposição permanente sobre a história da ponte. E tem piso de vidro! 

No site oficial tem bastante informação sobre a Tower Bridge. Leia AQUI →https://www.towerbridge.org.uk/

A Tower Bridge foi inaugurada em 1894. Em 2019 a ponte recebeu vários eventos para comemorar seus 125 anos. Ela mede 244 m de comprimento, 42 m de altura e por ela passam cerca de 40.000 veículos por dia. 

A Tower Bridge é uma ponte levadiça! O Rio Tâmisa tem grande importância para o tráfego marítimo londrino. Passam muitos navios por baixo da ponte e por isso suas plataformas precisam abrir e fechar. Esse movimento não depende mais das máquinas à vapor como antigamente. Hoje há um moderno sistema eletrônico responsável por essa tarefa. Porém, o antigo mecanismo ainda pode ser visto na sala dos motores. 

A Ponte já apareceu em váááários filmes, mas outros episódios a deixaram ainda mais famosa:

  • No verão de 1912, o piloto Frank McClean, enquanto voava com seu biplano sobre o Tâmisa, não conseguiu atingir uma altura suficiente e teve que passar por baixo da passarela. Outros pilotos fizeram o mesmo (mas propositalmente) em 1973 e 1978. 

  • Em 1952, um ônibus de turismo começou a atravessar a ponte quando suas plataformas estavam sendo levantadas. Normalmente, um aviso sonoro é dado e o tráfego é fechado, mas, dessa vez, ele não tocou. O motorista Albert Gunton ao invés de parar, acelerou!!! e o ônibus deu um salto de uma plataforma para a outra. Nenhum passageiro se feriu, e o motorista ainda recebeu uma recompensa.

 

Para ler sobre todas as Pontes de Londres clique AQUI → https://www.cityoflondon.gov.uk/things-to-do/visit-the-city/art-architecture/Pages/bridges.aspx

 

Parlamento e Big Ben

O Big Ben fica na torre do prédio do Parlamento Britânico. Pode entrar para visitar os dois. (Preço: £ 19,50) O site oficial é bem completo. Conta toda a história do Parlamento e do Big Ben e mostra como é a visitação. Leia AQUI →https://www.parliament.uk/bigben

Compre os ingressos online com antecedencia →https://ukparliament.seetickets.com/content/ticket-options

      Foto de quando eu era loira rs.

 

É aqui na praça do Parlamento que fica a tão famosa cabine de telefone vermelha, aquela que aparece em toodaasss a fotos de Londres com o Big Ben ao fundo. Essa cabine fica na esquina da Great George Street com a Parliament Street.

          Foto clássica em Londres!

 

Big Ben é um caso à parte! O bacana mesmo é sentar na grama que tem na frente e esperar ele tocar. Nada se compara a estar lá pessoalmente e sentir as fortes badaladas que até tremem a gente por dentro. É incrível.

Todo mundo pensa que o Big Ben é o relógio, mas na verdade é o nome do sino que dá as badaladas. O sino tem quase 14 toneladas e mais de 2 metros de altura.

A torre do Big Ben se chama Elizabeth Tower e foi construída em 1858, juntamente com o Palácio de Westminster (prédio do Parlamento) em estilo neogótico. O relógio tem faces voltadas para os 4 lados. A primeira vez que o sino tocou foi em 31 de maio de 1859.

A rádio BBC de Londres transmite até hoje, ao vivo, as badaladas do Big Ben! Para ouvir clique aqui →www.youtube.com/watch?v=juT1zsim6es&feature=fvwrel

A torre Elizabeth Tower mede 96 metros de altura. Pode subir até o topo dela e ver o sino de perto, mas são 334 intermináveis degraus de uma escada de madeira bastante estreita. Durante as obras de reforma do Big Ben, as visitas estão suspensas.

Para ver como é a visitação no Big Ben assista esse video aqui →www.youtube.com/watch?v=-w6tK4jCH6w&feature=related

  À noite, depois de turistar pela cidade, volte para a praça do Big Ben e tire fotos incríveis com ele iluminado!

 

A sede do governo britânico funciona aqui no Parlamento, que é um prédio muito bonito e grandioso. Por dentro é magnífico → Faça um tour virtual, clique AQUI

Na praça que fica em frente ao Parlamento tem várias estátuas de reis, rainhas, líderes militares e primeiros-ministros britânicos. Mas sem dúvida a mais procurada pelas turistas pra tirar uma foto é a estátua de Winston Churchill.

O Reino Unido é regido por um sistema Parlamentar e por uma Monarquia Constitucional. O Primeiro-Ministro exerce os poderes que pertencem ao Monarca, que atualmente é a Rainha Elizabeth II. Ela é a Chefe de Estado e possui o poder soberano sobre todos os territórios do Reino Unido. 

 A Rainha Elizabeth não é rainha da Inglaterra apenas, ela é a rainha do Reino Unido inteiro! Então, ela é também a rainha da Escócia, do País de Gales e da Irlanda do Norte, além das outras 15 nações que fazem parte da Commonwealth.

Os Reinos da Commonwealth ou “Comunidade das Nações” são formados por 16 monarquias constitucionais parlamentaristas que possuem o monarca do Reino Unido como seu chefe de estado simbólico. No entanto, mesmo com o chefe de estado compartilhado, os países são totalmente independentes e cada um comanda seu próprio governo. Alguns exemplos: Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Jamaica, etc.

 

Você sabe qual a Diferença entre Inglaterra, Grã-Betanha e Reino Unido? Clique AQUI e entenda

 

London Eye

(Preço: £30) Compre ingresso online com antecedencia para evitar filas e chegue cedo no local, bem antes do seu horário marcado no ticket. Site oficial →https://www.londoneye.com/

No ano 2000, para marcar o início do novo milênio, foi construída a maior roda gigante do mundo, às margens do Rio Tâmisa, que corta a cidade. Foi programada para ser desmontada 5 anos depois de construída, mas prevaleceu até hoje como sendo o grande símbolo de Londres. De qualquer parte da cidade a gente avista a London Eye.

Antes de entrar, a gente passa por um fortíssimo esquema de segurança. Todo mundo é revistado. 

A London Eye mede 135 metros, é bem alta. Nem precisa dizer que a vista lá do alto é linda, né? A gente entra numa espécie de casulo de vidro, que cabem umas 25 pessoas. Ela gira bem devagar. Uma volta completa dura 30 minutos e dá para tirar fotos incríveis. 

Lá de cima dá para ver a cidade inteira. 

                  O Partlamento.

 

                  O Palácio de Buckingham.

 

           O Rio Tâmisa nos dois sentidos

 

The Queen's Walk

Assim que sair da London Eye, caminhe pela margem do Rio Tâmisa, em direção à Ponte Westminster (a ponte do Parlamento). 

O Queen's Walk é um calçadão de pedestres, não passa carro. É agitado, cheio de lojinhas e lanchonetes. E quanto ao nome... tudo em Londres tem a ver com a rainha, lógico! 

                                   O calçadão The Queen's Walk sempre cheio de gente.

 

Desse calçadão dá pra tirar fotos bem legais porque a vista do Parlamento é perfeita, com a ponte Westminster ao fundo.

Adoro tirar fotos recentes no mesmo lugar das nossas fotos antigas, por hobby mesmo rs. 

Desde 2017, a icônica torre do Big Ben (a Elizabeth Tower) entrou em reforma e permanecerá coberta por andaimes até 2021. 

 

Ponte Westminster

A Ponte Westminster foi inaugurada em 1862, após anos de embargo do Parlamento, e atualmente constitui a ponte mais antiga da cidade.

Seus arcos são tradicionalmente pintados de verde, em referência à cor dos bancos da Câmara dos Comuns que ficam ao norte da sala do Parlamento, voltados para a ponte.

           Na Ponte Westminster

Já a ponte do lado, a Lambeth Bridge, tem as grades pintadas de vermelho, a mesma cor dos bancos da Câmara dos Lordes que ficam ao sul da sala do Parlamento.

  Lambeth Bridge.

 

Abadia de Westminster

Em frente ao Parlamento fica a famosa Abadia de Westminster, catedral onde a Rainha Elizabeth II foi coroada, onde a Princesa Diana se casou e foi velada, e onde o Príncipe William e Katy se casaram.

Patrimônio da Humanidade, a catedral tem mais de mil anos de história. É a igreja onde ocorre as cerimônias de coroação da Realeza Britânica desde 1066. 

Na Abadia de Westminster estão enterrados vários reis, rainhas e pessoas ilustres do Reino Unido. Nós podemos entrar para visitar. A catedral é maravilhosa por dentro e guarda um valor histórico imensurável. São vários túmulo maravilhosos trabalhados em mármore, verdadeiras relíquias, obras de arte realmente.  

O ticket custa £23 por pessoa. O horário de funcionamento é restrito! Tem que olhar no site oficial antes de ir →https://www.westminster-abbey.org/

Isaac Newton, foi enterrado em 1727 e Charles Darwin enterrado em 1882. As cinzas do físico Stephen Hawking foram enterradas na Abadia em 2018, perto do túmulo de Isaac Newton.

  Túmulo de Isaac Newton.

 

Os túmulos de 2 rainhas em especial merecem destaque, por causa da vida trágica que tiveram, que foram Elizabeth I Rainha da Inglaterra e Mary Stuart Rainha da Escócia. Elas eram primas, porém, com medo de perder o poder, Elizabeth mandou decapitar Mary, fato que marcou para sempre a história do Reino Unido.

  Túmulo de Mary.

 

Por ironia do destino, o túmulo de Mary fica ao lado do túmulo de Elizabeth I. 

  Túmulo de Elizabeth I

 

Para ler sobre a História da Rainha Mary da Escócia clique AQUI

 

Victoria Tower Gardens

Ao lado do prédio do Parlamento fica esse parque bem bonito e agradável, perfeito para uma pequena pausa durante o passeio. Nele tem banheiro público (bem limpo!) e uma cafeteria. O lugar é bastante arborizado e com bancos pra gente sentar com vista para o Rio Tâmisa.

 

Casa do Primeiro Ministro

Pegando a Avenida Whitehall em direção à Praça Trafalgar, a gente passa pela casa do Primeiro Ministro que fica no Número 10 da Downing Street. Todo Primeiro Ministro Britânico que ocupa o cargo tem que morar aqui durante o mandato. 

São 275 anos de história por trás da famosa porta preta da 10 Downing Street. O endereço já foi ocupado por Theresa May, Churchill, Margaret Thatcher, Tony Blair e outros. Atualmente é Boris Johnson (2020). 

A gente só chega até a grade do portão. Dalí para frente não pode passar. O esquema de seguranca é forte por lá. 

O lugar acabou virando ponto turístico de Londres e sempre tem um monte de gente que passa por ali para dar uma olhada.

            Quando fomos pela primeira vez, o Primeiro Ministro era Tony Blair (2005).

 

Bem na frente, na Downing Str. 11, fica o Monumento às Mulheres da Segunda Guerra Mundial

É um memorial de guerra britânico esculpido por John W. Mills e inaugurado pela rainha Elizabeth II em 2005. A escultura mostra 17 tipos de roupas e uniformes simbolizando as várias profissões que as mulheres tiveram que assumir durante a Segunda Guerra Mundial enquanto seus maridos estavam ausentes lutando. 

 

Royal Horse Guards

Ao lado da casa do primeiro ministro fica o grandioso e maravilhoso Palácio da Cavalaria da Rainha, que é Lindo! Lindo! Lindo! 

O Horse Guards é um edifício histórico de Londres. Foi construído em meados do século 18 tornando-se mais tarde um importante quartel general militar. Hoje abriga a cavalaria da guarda pessoal da Rainha e um museu que pode ser visitado. (Preço: £9.00) Site Oficial →https://www.householdcavalrymuseum.co.uk/  Para andar pelo pátio e assistir apresentações com os cavalos é grátis! Só paga para entrar no museu.

Lá acontecem exibições de cavalos, que ficam desfilando posudos cheios de elegância e classe. Como são domados, as pessoas podem chegar bem perto. As crianças amam. 

Amooo essa foto anterior! Ela é de 2005. O Pedro é legal porque ele topa imitar as fotos antigas, e as poses também rs.

O prédio da cavalaria dá acesso ao parque St James que fica logo atrás. Tem um pátio bem amplo e bonito no meio, muitas pessoas ficam caminhando por ali. É um lugar muito agradável.

Para quem é fã de Harry Potter, perto daqui fica o local onde foi filmadas as cenas da Entrada do Ministério da Magia. O endereço fica na esquina das ruas Scotland Place com Great Scotland Yard.

Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, o Ministério da Magia é acessado através de uma cabine telefônica vermelha. 

Na vida real, a cabine telefônica não existe ali, mas a gente reconhece facilmente o lugar assim que se aproxima dele. 

Entrada para o Ministério da Magia Harry Potter Londres London Ministry of Magic Tour anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens anacassiano

Nessa mesma esquina, foi gravada a cena em que Rony se esconde antes de invadir o Ministério da Magia com Harry e Hermione, em Relíquias da Morte Parte 1.

Ministry of Magic Entrada do Ministério da Magia Harry Potter tour Londres London anacassiano.com.br Blog da Ana Escritora de Viagens Travel Writer Guia de Turismo em São Paulo Deixa que a Ana te Guia Ana Cassiano Histórias de Viagens anacassiano

Para ler tudo sobre Harry Potter em Londres clique AQUI

 

Trafalgar Square

A Trafalgar Square é o Ponto Zero de Londres. É exatamente o centro da cidade. É uma praça linda, ampla e bastante movimentada, com vários cruzamentos de linhas de metrô.

O nome da praça celebra a Batalha de Trafalgar em 1805, que teve uma vitória da Marinha Real Britânica nas guerras contra Napoleão. No centro da praça tem uma Coluna com a estátua do Almirante Nelson no topo. Ele liderou a marinha no dia da Batalha de Trafalgar, mas acabou morrendo em combate.

A outra estátua é do Rei Charles I da Inglaterra montado em um cavalo. Essa estátua está ali desde 1675, muitos anos antes da existência de Nelson e da Batalha de Trafalgar acontecer. 

O prédio que mais chama mais atenção na Trafalgar Square é o do Museu da National Gallery.

Na praça tem muitos restaurantes e cafeterias com vista para os monumentos ao redor. Ótima chance para fazer mais uma pausa de descanso, para banheiro, café ou beber uma água. Nós gostamos do Caffè Nero.

Em Harry Potter e as Relíqueas da Morte Parte 2, cenas de ação foram filmadas na Trafalgar Square, quando os Comensais da Morte perseguem Harry, Hermione e Rony. 

Para ler sobre as filmagens de Harry Potter em Londres, clique AQUI

Admiralty Arch é uma construção que separa a Trafalgar Square da avenida The Mall. É tipo um arco por onde passam carros e pedestres. Foi construído à pedido do Rei Eduardo VII em memória de sua mãe a Rainha Victoria.  

  A inscrição latina na parte superior do arco diz: "No décimo ano do Rei Eduardo VII, à Rainha Vitória, dos mais gratos cidadãos, 1910"

 

The Mall Road

Passando pelo arco Admiralty Arch, entramos na av The Mall, que tem 1 Km de comprimento, e liga a Trafalgar Square ao Palácio de Buckingham. É uma rota cerimonial, criada no início do século 20 para desfiles oficiais, comemorações cívicas e outras situações de estado. 

Esse tipo de avenida também existe em outros países. A diferença é que em Londres, a Mall Road como eles chamam, tem o asfalto avermellhado, simulando um "tapete vermelho" da família Real.

A cor do asfalto foi obtida usando pigmento sintético de óxido de Ferro que foi criado usando o Processo Deanox, desenvolvido pelo químico Ernest Lovell. Foi decisão de Davide Eccles, como Ministro das Obras de 1951 a 1954, tornar a avenida Mall vermelha.

  Na av Mall: de um lado o arco... 

  e do outro, o Palácio de Buckingham. Aos domingos a avenida fica fechada para carros, só pode pedestres.

 

Rota Memorial da Princesa Diana

Na av Mall, em uma das entradas do Parque St James, vemos no chão essa placa de metal com formato de rosa.

A placa marca A Rota Memorial Princesa Diana de Gales. É um trajeto de 11 Km de extensão, marcado por 90 placas no chão, que passa por edifícios famosos e locais associados à Princesa Diana durante sua vida. 

As placas são obras do escultor Alec Peever. Elas têm um emblema de rosa no centro e são gravadas em alumínio. A rosa é um brasão e simbolizando a imagem duradoura da Princesa, também simboliza as tradições e a herança britânica. 

As placas direcionam os pedestres ao longo da rota. A caminhada é um dos projetos comemorativos inaugurados em 30 de junho de 2000, um dia antes do 39º aniversário da princesa. 

   Na av Mall em frente ao Parque St James fica a Clarence House, residência oficial do Príncipe Charles e Camila. Leia aqui → https://www.royal.uk/royal-residences-clarence-house

 

Palácio de Buckingham

O Palácio de Buckingham é o símbolo dos britânicos. É onde vive a Família Real do Reino Unido. Pode ser visitado por dentro e é um passeio incrível. Tem também a Troca da Guarda, o Green Park e os monumentos no entorno.

Para ler tudo sobre o Palácio de Buckingham e como é a visitação dentro do palácio clique AQUI

 

Ana Cassiano

Morei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.

MMorei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.orei na Alemanha por 8 anos. Já visitei vários países de continentes diferentes. Sou Guia de Turismo em São Paulo, Escritora de Viagens e Colaboradora de Sites de Turismo.